25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Especial

Dia das Mães: Amor uma pela outra e pela Música

Conheça a história de Fabiana e Ana Catarina Fuzinatto, mãe e filha que cantam e tocam juntas há 11 anos, expressando o sentimento por meio da arte

teste
Fabiana de Holleben Fuzinatto e sua filha Ana Catarina de Holleben Fuzinatto cantam e tocam juntas h
Fabiana de Holleben Fuzinatto e sua filha Ana Catarina de Holleben Fuzinatto cantam e tocam juntas h
Por Taiane do Carmo
Foto Arquivo pessoal

Um amor infinito e uma ligação sem explicação entre mãe e filha se transformou em uma linda trajetória com a música. Fabiana de Holleben Fuzinatto (mãe) e Ana Catarina de Holleben Fuzinatto de 17 anos (filha), que residem no município de Erval Grande (RS) cantam e tocam juntas há cerca de 11 anos.

A paixão pelas artes vem de berço, Fabiana, cresceu em um ambiente musical, principalmente por causa de seu pai, Augusto, que possuía instrumentos de ótima qualidade e os passou para ela. Sua avó Guilhermina tocava piano, em sua família todos os irmãos tinham o contato com instrumentos, inclusive os mais clássicos como o violino. A cultura familiar vem de gerações, seu avô também era envolvido com as artes, alcançando a posição de maestro na Alemanha.

“Cresci escutando essas histórias de família e na união com minha filha, foi como se um simples toque despertasse o que já estava no nosso sangue. Além da música, ser tudo de bom, traz alegria e toca o coração”, afirma Fabiana.

Juntas na Música

A história de Fabiana e sua filha Ana Catarina, se unirem na música, foi de forma muito natural e tranquila “surgiu com a própria movimentação da vida”, nos diz. “Levei a Ana para fazer aula de teclado com seis anos de idade, eu ficava lá com ela, e como já tinha feito aulas de teclado antes dela nascer, já possuía um instrumento de ótima qualidade (presente do meu pai)”.

Desta forma, acompanhando a filha, ela voltou a fazer aula. Chegavam em casa e cada uma fazia seu próprio treino. Com o passar dos anos, a capacidade de Ana no teclado avançou muito de maneira que começou a se destacar. As duas, prosseguiram fazendo as aulas sempre juntas e unidas. Foi aí, que Fabiana começou a cantar em casa.

“O tempo foi passando e nos mostrou que fomos feitas uma para outra, a filha com forte dom para os instrumentos, a mãe com forte dom para cantar e o que fez a maior união: amor uma pela outra e amor pela música”, frisam.

Momento mágico

Para Fabiana, cantar com a filha é um momento mágico, sem explicação. “Quando me tornei vocalista dela, ela se virava para mim e dizia baixinho: te amo, mãe! - E aquelas palavras preenchiam o meu coração. Já disse para ela “seja lá onde seus caminhos te levarem, nas ocasiões mais importantes, estarei lá cantando com você”, conta a mãe emocionada.

Para Ana, tocar e se apresentar junto com sua mãe é algo emocionante, um sentimento imenso e de ligação eterna. “Para mim, cantar com minha mãe é sinônimo de união. É o momento que estamos muito próximas, expressando o nosso amor uma pela outra e também pela música”, compartilha.

Seguindo os passos da Mãe

Além de toda a ligação entre mãe e filha, que encantam e contagiam a todos ao seu redor, com suas interpretações, realizadas com amor, carinho e paixão; as duas estudaram na mesma escola e possuem um CD chamado “Veia Musical – de mãe para filha”. Fabiana salienta, que isso faz da dupla Ana Catarina e Fabiana sua inspiração para cantar. Foi a partir daí que resultou na gravação do CD.

“É bonito, ver minha filha seguindo meus passos, tem a ver com minhas raízes. Quanto à música, nós descobrimos juntas, é como se continuássemos nessa vida o que já fazíamos em outra... Amor uma pela outra e pela Música”, conclui a mãe.

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas