0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Especial

Dia das Mães: 'Ser mãe, é ter um amor que não cabe no peito, e é isso que nos move'

Fernanda da Cunha e seu filho Marcelo
Por Taiane do Carmo
Foto Arquivo pessoal

A afirmação, é da nutricionista Fernanda da Cunha de Erechim, que assim como muitos erechinenses, teve que adaptar sua rotina devido a pandemia do coronavírus. Mãe de Marcelo, de nove anos de idade e a espera de Gabriel, de 24 semanas de vida, ela destaca como foram essas mudanças. “Neste período, trabalhei muito em casa e realizei várias atividades. Ao mesmo tempo, consegui ficar muito mais perto da minha família, do meu filho, cuidar ainda mais dele, unir nossos laços. Mesmo a gente sempre dando atenção, temos a correria do dia a dia. Acredito que, de certa forma, ainda com essa situação difícil, muitas pessoas conseguiram ficar mais perto de suas famílias, das pessoas que amam”, comenta.

Em relação a rotina, a nutricionista conta que organizou os trabalhos para garantir a segurança  da família e dos pacientes. “Inicialmente, fiquei um tempo sem trabalhar, após alguns dias, comecei a realizar os atendimentos online e aos poucos estou fazendo consultas presenciais, mas com todos os cuidados possíveis, nós precisamos garantir a segurança em primeiro lugar; não voltei cem por cento, estou em casa, realizando tudo remotamente. A situação só vai se normalizar realmente, quando tudo isso passar, enquanto isso, vamos nos adaptando”, frisa.

Em um período de mudanças e adaptações, Fernanda destaca a importância de ter união e sabedoria na educação dos filhos. “Um filho, é tudo na vida da gente, fazemos todas as coisas por eles, é um amor muito grande, que não cabe no peito de tão imenso, e é isso que nos move”. Nesse momento de mudanças, peço a Deus muita sabedoria e paciência para educar meus filhos, cuidar deles, pois educação é algo sério, não é uma coisa fácil, sempre pedimos muita sabedoria para que possamos realizá-la da melhor maneira possível e com certeza, com muito amor, carinho e atenção.

Ao final da nossa conversa, a nutricionista deixa uma mensagem às mães. “Neste Dia das Mães, quero deixar a todas as mamães um grande abraço, somos todas guerreiras, lutadoras, sempre queremos o melhor para os nossos filhos. Que possamos todas ter, um Feliz e abençoado Dia das Mães”, finaliza Fernanda.

 

 

 

Publicidade

Blog dos Colunistas