16°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,45 Dólar R$ 5,44
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,45 Dólar R$ 5,44

Publicidade

Especial

Um novo olhar sobre a vida

Cláudia da Silva com esposo e filhos
jpg
Por Taiane do Carmo
Foto Arquivo pessoal

Considerando a voz como uma ferramenta importante para a comunicação, a erechinense de 46 anos, Cláudia da Silva, se viu desafiada a enfrentar grandes desafios devido a uma doença.

 

Com 25 anos de idade, Cláudia foi diagnostica com câncer de laringe. O tumor era benigno, mas por estar em situação avançada, ela teve que se submeter a diversos procedimentos. “Na época fiz o tratamento, os processos necessários e depois a cirurgia para remover o tumor, que havia crescido nas cordas vocais da laringe. Como não sou fumante e nem tomo bebidas alcoólicas, o procedimento foi positivo, mas acabei ficando com uma sequela, perdi a maior parte da voz”, conta.

 

Dificuldades e superação

 

A partir desta situação, de idas e vindas do hospital, desafios, e dificuldades para se adaptar a falar com um timbre muito mais baixo que o natural, Cláudia começou a ver a vida de uma maneira diferente. “Passei a dar valor para as coisas que realmente importam na vida. Por mais que para algumas pessoas, possa parecer algo não tão grave, para mim foi muito forte. Não foi fácil, mas me tornei uma pessoa melhor, enquanto esposa, enquanto ser humano, mãe. Passei a viver melhor, cuidar da minha saúde, em todas as questões da vida, resolvi coisas que me incomodavam com pessoas por pensar diferente e dedicar mais tempo aos meus filhos”, argumenta.

 

Reinício

 

Depois de mudar seu modo de viver, aos 35 anos, Cláudia decidiu retomar um sonho antigo, mas que nunca tinha realizado, estudar Pedagogia. “Me formei e ao longo do tempo, fui me especializando em outras áreas da educação, uma área que sempre me chamou muito a atenção”, diz. Com o passar do tempo, ela também conheceu a Língua Brasileira de Sinais e começou a dar aulas. “Fiz outras especializações na área da educação, depois que eu passei por esta dificuldade, mais realizações profissionais e pessoais, mudou o meu modo de pensar sobre as coisas”, salienta.

 

Atualmente Cláudia trabalha na área de educação do Estado e está fazendo especialização em educação especial. Neste ano, iniciou os estudos no curso de Psicologia e tem ocupado seu tempo para adquirir novos conhecimentos e ajudar pessoas. “Tenho buscado compreender o outro, fazer troca de experiências, e fazer no presente o que realmente importa, não sabemos como vai ser o ‘amanhã’, precisamos viver o hoje, fazer a diferença hoje. Desafios, fazem parte da nossa vida, independente da esfera. Para mim, todo desafio, tem um aprendizado, e um propósito. O mundo pode dizer que você não pode, mas precisamos, encontrar forças, acreditar e fazer todas as coisas que precisam ser feitas para conseguir vencer, e principalmente nunca desistir dos sonhos.

Publicidade

Blog dos Colunistas