25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Região

Carlos Gomes: Justiça Eleitoral julga improcedente ação contra prefeito

Este também foi o entendimento do Ministério Público, nas alegações finais. "Estamos satisfeitos que a verdade veio à tona e a justiça foi feita, o resultado é a prova disso", afirma o prefeito Luiz Zelinski

teste
Divulgação
Por Da Redação [email protected]
Foto Divulgação

A Justiça Eleitoral - 3ª Zona Eleitoral de Gaurama julgou improcedente, em razão do que foi exposto, a ação de impugnação de mandato eletivo feita pelo Ministério Público Eleitoral, após denúncia contra o atual prefeito de Carlos Gomes, Luiz Zelinski, e o vice-prefeito, Roberto José Stodulski.  

De acordo com a Justiça Eleitoral, “como se observa dos depoimentos colhidos e pelos demais elementos constantes nos autos, verifica-se que não há prova suficiente para confirmar o abuso do poder econômico e a captação ilícita de sufrágio pelos impugnados. Os únicos relatos que indicam eventual corrupção pelos impugnados foram prestados por aliados da coligação adversária, que não permitem concluir efetiva ocorrência da corrupção imputada, já que não estão amparados por outros meios de provas. Os vídeos e gravações apresentadas pelos denunciantes são insuficientes para reconhecer a prática de conduta eleitoral ilícita, pois referem-se apenas de comentários reproduzidos pelos próprios denunciantes e terceiros, e não comprovam a efetiva compra de votos pelos impugnados, tampouco a entrega de valores”.

Desta forma, entende a Justiça Eleitoral, que “o quadro probatório não comprova ilícito eleitoral de abuso do poder econômico e captação ilícita de votos e é insuficiente para ensejar a severa sanção de cassação de diploma e afastar o resultado obtido nas urnas. Além disso, este também foi o entendimento exarado pela digna representante do Ministério Público, nas alegações finais”, disse a Justiça Eleitoral.

"Estamos satisfeitos que a verdade veio à tona e a justiça foi feita, o resultado é a prova disso. Aos inconformados com o resultado da última eleição, tenho a dizer que vivemos em um país democrático, em que a vontade da maioria prevalece", afirma o prefeito Luiz Zelinski.

Publicidade

Blog dos Colunistas