14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

RGE executará obras na rede elétrica de Barão de Cotegipe

Medidas aumentarão a confiabilidade, continuidade e a robustez do sistema de distribuição de energia

teste
Divulgação
Por Da Redação [email protected]
Foto Divulgação

A RGE executará importante intervenção de modernização de parte da rede elétrica de Barão do Cotegipe. As ações aumentarão a confiabilidade, continuidade e robustez do sistema de distribuição de energia. 

Serão substituídos 67 postes na área urbana, com investimento de R$ 296 mil. Nestas ações a empresa promoverá a manutenção preventiva. As intervenções ocorrerão nas Ruas Ângelo Caleffi, Tancredo Neves, Vinte Um de Abril, José Mantovani e arredores.

"As obras representam um investimento de quase R$ 300 mil reais e fazem parte do Programa de Manutenção Preventiva da RGE, visando tornar a rede elétrica ainda mais robusta, proporcionando maior confiabilidade e qualidade dos serviços prestados, com benefícios diretos para os clientes da empresa", afirmou o consultor de negócios da RGE, Cláudio Rodrigo Manica.

Durante os trabalhos serão necessárias interrupções do fornecimento de energia elétrica, nos dias 10 e 17 de novembro, entre às 11h e 16h. As intervenções só acontecerão com condições climáticas favoráveis (sem chuva). 

O Grupo CPFL, ao qual a RGE pertence, estabeleceu três pilares, por meio dos quais assumiu 15 compromissos norteados pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. São eles: Energias Sustentáveis, Soluções Inteligentes e Valor Compartilhado. Em todos os investimentos e ações da RGE essas diretrizes são observadas e colocadas em prática, como no caso das Obras em Barão do Cotegipe. Em 2020 a RGE investiu R$ 963 milhões na área de concessão. Para o período de 2021 a 2025 o total de investimentos será de R$ 5,547 bilhões, mais de R$ 1 bilhão por ano.

Sobre a RGE 

Responsável por distribuir 65% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 3 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, a RGE é hoje a maior distribuidora da CPFL Energia em extensão territorial e número de cidades atendidas. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul, realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.

Os investimentos realizados contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de locais de fundamental importância para a economia do estado, que vão desde fortes polos turísticos, agrícolas e pecuários, até grandes centros industriais e comerciais, trazendo mais bem-estar, conforto e infraestrutura para a vida de 7,4 milhões de gaúchos.

Sobre a CPFL Energia - A CPFL Energia, há 108 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e uma das maiores empresas de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 10 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com capacidade instalada de 4.303 MW, no final de setembro de 2020. Tem um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. A CPFL Renováveis é a maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas