25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Região

Áurea: mais tecnologia para os agricultores

Por meio de programa municipal, instalação de internet fibra ótica possibilitará acesso às informações e facilitará o trabalho nas propriedades

teste
Cada agricultor beneficiário está recebendo R$ 1.400,00, visando auxiliar na instalação do recurso p
Por Da redação/Ascom
Foto Divulgação

Na última semana, o Executivo de Áurea iniciou o repasse dos valores decorrentes do programa de incentivo à instalação de internet - fibra ótica - nas propriedades rurais do município.

Cada agricultor beneficiário está recebendo R$ 1.400,00, visando auxiliar na instalação do recurso para melhoria na qualidade de vida e inserção no “mundo digital”.

O prefeito, Antonio Jorge Slussarek, destaca que neste primeiro momento, serão beneficiadas aproximadamente 65 famílias, com um investimento de quase cem mil reais, utilizando recursos próprios do Poder Executivo. “Graças a racionalização das despesas municipais, está sendo possível realizar investimentos desta grandeza nas propriedades dos agricultores, levando oportunidade de acesso à conhecimento e tecnologia nas propriedades”, salienta.

Ele ainda acrescenta que no ano de 2022, a ideia é realizar um novo investimento, favorecendo mais agricultores. “Esperamos contar com o apoio da Câmara Municipal de Vereadores para a nova empreitada”, pontua.

O secretário de Agricultura, Renato Kujawinski, afirma que a implantação deste programa em Áurea, é de grande importância. “Teremos a possibilidade de auxiliar para que nossos agricultores tenham acesso à tecnologia e informação, além de poder emitir com segurança, notas fiscais eletrônicas para comercialização de sua produção”, revela.

O responsável pela pasta ainda complementa que a medida é necessária, pois existem famílias do interior que não dispõem de internet - fibra ótica - em suas residências, o que traz prejuízos ao acesso à informação e ao trabalho nas propriedades. “O programa proposto contempla o interesse público, pois visa qualificar o acesso à informação e tecnologia no meio rural, cuja instalação de internet fibra ótica, possui um custo bastante elevado para ser suportado exclusivamente pelos agricultores”, finaliza.

Publicidade

Blog dos Colunistas