25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Região

Prefeito Mauricio Soligo participa das cerimônias de inauguração das Estátuas de Getúlio Vargas e João Goulart em São Borja

teste
Prefeito Soligo durante seu discurso em São Borja
Prefeito Soligo ao lado da estátua de Getúlio Vargas e familiares dele
Por Ascom
Foto Divulgação

O prefeito de Getúlio Vargas, Mauricio Soligo, participou, na manhã da última terça-feira (31), das cerimônias de inauguração da Estátua de Getúlio Vargas, no Museu Getúlio Vargas, e da Estátua João Goulart, no Memorial Casa João Goulart. O convite para participar das solenidades foi do prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, que também ocupa o cargo de presidente da Famurs. São Borja é a terra natal de dois presidentes da República, e, por essa razão, foi colocada em definitivo no mapa político do País há mais de 90 anos. O ato fez parte da programação da assembleia integrada realizada no dia 31 pela Associação dos Municípios das Missões (AMM) e Associação dos Municípios da Fronteira Oeste (Amfro), em São Borja.

Acompanhou Mauricio Soligo nestas cerimônias o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jairo Klein. Soligo foi um dos oradores da solenidade de inauguração da estátua de Getúlio Vargas.

 

Cidades coirmãs

Em seu pronunciamento, falou da sua felicidade em estar presente na cidade aonde nasceu um grande homem que se tornou patrono da sua cidade, sendo um reconhecimento e uma homenagem ao trabalho que realizou para o estado do Rio Grande do Sul e, principalmente, para o país. Soligo destacou que Getúlio Vargas é um município muito novo se comparado a São Borja. ‘É uma cidade com 17 mil habitantes, tem sua atividade econômica muito fortemente ligada à agricultura, um comércio diversificado, uma indústria que se destaca e um povo que leva a marca de Getúlio Vargas, que é ordeiro e trabalhador. “Muito nos orgulha estar na terra dos presidentes, inclusive do presidente da Famurs, o prefeito Bonotto”, ressaltou.

Antes de finalizar, Soligo fez um pedido especial, para tirar uma foto com os herdeiros da família Vargas e da família Goulart. Por fim, afirmou que chegou a hora de ser criado um laço maior entre os municípios de Getúlio Vargas e São Borja. Ao se dirigir ao prefeito Bonotto fez um convite: “proponho criarmos entre Getúlio Vargas e São Borja um tratado de cidades coirmãs aproximando ainda mais a história e a relação entre nossos municípios”, concluiu.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas