25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Região

Quatro Irmãos: aprimorar trabalho com plantas medicinais

Município busca subsídios para implantar projeto sobre Plantas Integrativas e Complementares na área da saúde Crédito: Emater/RS-Ascar

teste
Divulgação
Por Da redação
Foto Divulgação

O município de Quatro Irmãos visa implantar o projeto das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs), dando continuidade à parceria com a Emater/RS-Ascar.

Com este objetivo, a secretária municipal da Saúde, Vanessa Franklin; a assistente social da Unidade Básica de Saúde (UBS) e coordenadora do Horto de Plantas Bioativas de Quatro Irmãos, Marilisa do Carmo Orladi; juntamente com a extensionista rural social do Escritório Municipal, Elenice Regina Poletto; estiveram reunidas com a extensionista rural social, Nádia da Rosa, do Escritório Regional de Erechim, e com a farmacêutica da Emater/RS-Ascar, Káren Paula Marchetto. O encontro ocorreu na sede do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar em Erechim, nesta quinta-feira (22).

A reunião teve por objetivo buscar mais conhecimentos para os profissionais de saúde para a implementação das PICs, visando melhorar a qualidade de vida da população por meio de ações que envolvam as plantas medicinais, assim como mobilizar a equipe de saúde e aprimorar o trabalho com plantas medicinais já existentes no município.

Além do planejamento de ações, também foi discutida a participação de profissionais de saúde do município de Quatro Irmãos no curso de Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares, realizado no Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre), em 2022. A prioridade deve ser para os agentes de Saúde, por estarem na linha de frente do horto.

Na implantação do projeto estão previstas ainda excursões e visitas em outros municípios para buscar conhecimento e subsídios, além da captação de recursos junto ao Ministério da Saúde, por meio da elaboração de projetos, visando impulsionar e aprimorar o trabalho com plantas medicinais já existentes e que já é tradição no munícipio.

As práticas foram institucionalizadas por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC).

Publicidade

Blog dos Colunistas