14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Benjamin Constant do Sul intensificam ações contra a dengue

“Caso ocorra uma contaminação, a disseminação da doença se dará de forma muito rápida, devido à proximidade das casas e das pessoas”, disse o enfermeiro Alisson Ferrenz

teste
Divulgação
Por Da redação
Foto Divulgação

Profissionais da saúde, com o apoio da Secretaria de Obras e Emater, realizaram, na terça-feira (4), novas visitas às residências da sede que possuem caixas ou reservatórios para coleta da água da chuva. O objetivo é orientar a população quanto à importância de se evitar possíveis focos de proliferação do mosquito.

Também estão sendo usadas pastilhas de cloro e, em alguns casos, o uso de telas no encanamento, observando que a água parada que está nas calhas, também pode ser foco de proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

“Neste momento, todas as residências, sejam da cidade ou do interior, precisam do olhar atento de seus proprietários. No perímetro urbano, as residências são muito próximas umas das outras e, nesta situação, caso ocorra uma contaminação, a disseminação da doença se dará de forma muito rápida, devido à proximidade das casas e das pessoas”, destaca o enfermeiro, Alisson Ferrenz.

A maioria das famílias que coletam água da chuva fazem isso com o objetivo de utilizar essa água para molhar a horta, estufas ou flores. “Sabemos que o uso da pastilha clorada acaba interferindo no uso da água para esta finalidade, porém, neste momento, todos nós precisamos pensar no bem comum, fazendo a aplicação das pastilhas no sentido de evitar focos do mosquito”, disse o enfermeiro, que acrescenta, “contamos com o entendimento e a colaboração de todos”.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas