14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Severiano de Almeida edita novas medidas e passa a cumprir protocolos de bandeira vermelha

Novos decretos publicados nesta segunda-feira, atendem normativa prevista pelo Governo Estadual

teste
Divulgação
Por Assessoria de comunicação
Foto Divulgação

A Prefeitura de Severiano de Almeida publicou nesta segunda-feira, 22, o decreto com novas regras do distanciamento controlado e prevenção a Covid-19. As normas atendem o modelo de co-gestão encaminhado ao Governo do Estado.

Na última semana, o Governo Estadual permitiu que municípios que atendessem maior controle da Covid-19, pudessem adotar as regras da bandeira vermelha, mesmo o Estado inteiro estar classificado em bandeira preta no sistema de distanciamento controlado.

Com isso, a prefeitura de Severiano de Almeida alerta que todos os empresários da cidade, sejam da indústria, comércio ou prestação de serviços, busquem as informações pertinentes ao seu funcionamento de maneira correta perante aos decretos vigentes.

Em reunião com o Comitê Regional de Combate ao Coronavírus, os secretários municipais de Saúde, solicitaram a compreensão de que saúde e economia pudessem trabalhar juntos, evitando novos decretos mais restritivos.

A Secretaria de Saúde de Severiano de Almeida frisa que as próximas duas semanas serão de avaliação dos indicadores da disseminação do coronavírus (Covid19).

Com o novo Decreto Municipal, fica estabelecido que atividades consideradas não essenciais possam receber consumidores, dentro das regras de Bandeira Vermelha, entre segunda e sexta-feira, após 5h e até 18h.

Atividades consideradas não essenciais permanecem fechadas em tempo integral aos finais de semana e feriados.

Supermercados podem atender ao público, mas não após às 22h e nem antes das 5h. Para saber sobre as restrições impostas pelo Protocolo de Bandeira Vermelha, é possível acessar o link https://bit.ly/2PlIrhq, que possui o Decreto Estadual na íntegra.

Estas novas medidas valem até o dia 4 de abril, porém, alterações 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas