25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Região

Dengue: elevado índice de infestação do mosquito em São José do Ouro

Limpeza de lotes e quintais é de responsabilidade dos proprietários. Aedes transmite dengue, zika e chikungunya e, também, a febre amarela, e o município está em área considerada de risco

teste
Divulgação
Por Da redação
Foto Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São José do Ouro, por meio da equipe de Endemias e Controle de Vetores, informa os resultados do Levantamento Rápido de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRA) deste ano, realizado entre os dias 22 e 26 deste mês. Pelo levantamento, o Índice de Infestação Predial (IIP) de fevereiro é de 3,4% o que caracteriza o município como risco médio para surto.

A secretaria enfatiza, que a maioria dos criadouros, localizados pelos agentes de Endemias e de Saúde, estão nos quintais das residências. Como consta no último levantamento, os agentes visitaram 234 imóveis e, desse total, foram encontrados 8 depósitos positivos em 8 imóveis que possuíam focos do vetor. Ou seja, 100% das amostras coletadas positivaram para a presença do mosquito Aedes.

Como ocorre em todo o LIRA, os agentes da Secretaria Municipal de Saúde percorreram imóveis construídos e não construídos, e constataram que os índices de infestação do Aedes aegypti continuam elevados.

Quanto aos tipos de depósitos, assim como tem demonstrado os últimos resultados do LIRA, continuam sendo na sua maioria (87,5%), entre outros, caixas para armazenagem de água da chuva, baldes e afins, relacionados a armazenamento de água, e 12,5% compreendem vasos de flores, pratos e similares.

Além disso, neste período, o clima favorável facilita a proliferação do vetor, que é transmissor da dengue, zika e chikungunya e tem a capacidade de transmitir a febre amarela, e o município está em área considerada de risco.

“Portanto, pedimos e contamos com a colaboração de toda a população, e salientamos que os cuidados com limpeza e conservação dos lotes e quintais é de responsabilidade de seus proprietários”, disse a secretaria.

Publicidade

Blog dos Colunistas