14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Severiano de Almeida registra dois casos de dengue e reforça importância de cuidados

Vigilância Ambiental alerta população especialmente no uso de caixas d’água para captação de água da chuva

teste
Entre as ações que a população deve fazer está principalmente evitar água parada
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

Severiano de Almeida confirmou nesta semana, dois casos de dengue. Ambos, de acordo com a Vigilância Ambiental são considerados importados, ou seja, as pessoas foram contaminadas fora do município.

Além disso, um terceiro caso está sendo investigado. Na última semana, a Vigilância Ambiental, órgão ligado a Secretaria de Saúde, já havia emitido um alerta para que a população tome os devidos cuidados, uma vez que esta época do ano é propicia a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

O calor, aliado a chuvas, forma um clima perfeito para o mosquito. A Vigilância tem feito visitas regulares aos moradores levando orientação e também fazendo fiscalização. Estas visitas são feitas com auxílio das Agentes Comunitárias de Saúde.

De acordo com o órgão, a principal preocupação está em caixas d’água que captam água da chuva. “Na maior parte das vezes até há vedação correta, mas de alguma maneira as larvas estão entrando na caixa. Isso pode acontecer porque há água parada nas calhas e quando chove vai para dentro da caixa. Por isso, também é fundamental que haja limpeza constante das calhas, seja as que captam água da chuva ou não”, alerta Lucas Eduardo Ribeiro, da Vigilância Ambiental.

Entre as ações que a população deve fazer está principalmente evitar água parada. A Secretaria Municipal de Saúde e a Vigilância Ambiental estão à disposição da população para sanar qualquer tipo de dúvidas.

 

Principais orientações:

- Evite acúmulo de água parada em caixas d’água sem tampa, vasos de plantas, garrafas vazias, calhas entupidas, pátios e terrenos baldios, piscinas sujas.

- Informe os agentes de saúde sobre obras e terrenos abandonados, onde pode haver criadouros do mosquito.

 

Importante saber: sintomas de dengue

- febre alta com início súbito;

- dor de cabeça;

- dor atrás dos olhos, que piora com o movimento deles;

- perda do paladar e apetite;

- náuseas e vômitos, tonturas;

- extremo cansaço;

- manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo;

- moleza e dor no corpo;

- muitas dores nos ossos e articulações.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas