22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,39 Dólar R$ 5,40
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,39 Dólar R$ 5,40

Publicidade

Região

Erval Grande: município dos ervais nativos e das azaleias

O início do povoamento da sede de Erval Grande se deu por volta de 1926. O nome do município se deve ao cultivo em grande escala da erva-mate, existente na época da colonização, ervais nativos que hoje não existem mais. E, também faz referência aos ervais guaranis da região

A população estimada em 2020 é de 4.819 pessoas
O início do povoamento da sede de Erval Grande se deu por volta de 1926. O nome do município se deve
Por Redação
Foto Divulgação

O início do povoamento da sede de Erval Grande se deu por volta de 1926. O nome do município se deve ao cultivo em grande escala da erva-mate, existente na época da colonização, ervais nativos que hoje não existem mais. E, também faz referência aos ervais guaranis da região.

Um dos maiores problemas enfrentado pelo município foi o êxodo rural, apesar dos esforços de todas as administrações para procurar manter o homem no campo. Recentemente a cidade recebeu o nome de "Cidade das Azaleias", em virtude da grande quantidade dessas plantas que, na época da floração, embelezam muito a cidade.

Colonização

O município de Erval Grande começou a sua colonização no ano de 1926 com a chegada das primeiras famílias do capitão, Batista Grando, de origem italiana, e Marino Aires, de origem cabocla, sendo este o primeiro comerciante da época. Com o passar do tempo outras etnias como a polonesa e alemã foram constituindo a população.

Extrativismo

A partir daí os moradores viviam do extrativismo da erva-mate nativa abundante na época (produzidas nos barbaquás) e da exploração de madeira, retirada da mata e transportada através de balsas pelo Rio Uruguai, para outras cidades distantes. Fato marcante aconteceu em 1937, quando realizou-se a 1ª festa da Paróquia Nossa Senhora do Pedâncino, hoje, Paróquia Nossa Senhora da Glória.

Formação Administrativa

Erval Grande foi elevado à categoria de Vila em 22 de agosto de 1949, conforme Lei nº 64. A emancipação aconteceu em 07 de junho de 1959, através da Lei Estadual nº 3715 de 16 de fevereiro de 1959, pois até esta data pertencia ao município de Erechim.

Distrito criado com a denominação de Erval Grande (ex-povoado) pela Lei Estadual nº 64, de 22/08/1949, com território desmembrado do distrito de São Valentim, subordinado ao município de Erechim.

Desmembrado de Erechim, Erval Grande é elevado à categoria de município pela Lei Estadual nº 3.715, de 16/02/1959. O município é instalado em 07/06/1959, constituído do distrito-sede.

Pela Lei Municipal nº 20, de 1º/02/1960, é criado o distrito de Santana e anexado ao município de Erval Grande. Pela Lei Municipal nº 137, de 13/03/1967 são criados os distritos de Goio-Ên, Pinhalzinho e Sete de Setembro e anexados ao município de Erval Grande.

Em divisão territorial datada de 1º/01/1979, o município é constituído de cinco distritos: Erval Grande, Goio-Ên, Pinhalzinho, Santana e Sete de Setembro. Assim permanece em divisão territorial datada de 2020.

População         

A população estimada em 2020 é de 4.819 pessoas com uma densidade demográfica (2010) de 18,07 hab/km².

Trabalho e Rendimento

Segundo o IBGE, em 2018, o salário médio mensal era de 2.1 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 13.9%. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 33.4% da população nessas condições, o que o colocava na posição 183 de 497 dentre as cidades do estado e na posição 3928 de 5570 dentre as cidades do Brasil. 

Educação           

A taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade (2010) foi de 99,3%. IDEB – anos iniciais do ensino fundamental (Rede pública), dados 2017, foi de 6,2. IDEB – anos finais do ensino fundamental (Rede pública), dados 2017, foi de 4,5. Matrículas no ensino fundamental (2018): 549 matrículas. Matrículas no ensino médio (2018): 130 matrículas. Docentes no ensino fundamental (2018): 39 docentes. Docentes no ensino médio (2018): 16 docentes. Número de estabelecimentos de ensino fundamental (2018): 6 escolas. Número de estabelecimentos de ensino médio (2018): 1 escolas.

Economia           

O PIB per capita de Erval Grande, dados de 2017, foi de R$ 17.705,26. O percentual das receitas oriundas de fontes externas (2015) foi de 94,5%. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), dados de 2010, foi de 0,681 o que situa o município na faixa de Desenvolvimento Humano Médio (IDHM entre 0,600 e 0,699). A dimensão que mais contribui para o IDHM do município é Longevidade, com índice de 0,885, seguida de Renda, com índice de 0,713, e de Educação, com índice de 0,501.   

O total de receitas realizadas em 2017 foi de R$ 19.814,68 (×1000), e o total de despesas empenhadas em 2017 foi de R$ 18.720,86 (×1000).

Saúde  

Não tem dados no IBGE sobe a mortalidade Infantil, óbitos por mil nascidos vivos, assim como, internações por diarreia. Tem dois estabelecimentos de Saúde SUS, dados de 2009.

Território e Ambiente

Erval Grande apresenta 42.3% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 97.8% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 18.2% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). O bioma é de mata atlântica.

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas