22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,39 Dólar R$ 5,40
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,39 Dólar R$ 5,40

Publicidade

Região

Aratiba: governo anuncia pagamento do pacto

Agricultores receberão até R$ 10 mil. A primeira parcela será paga no final de setembro, a segunda em outubro, a terceira em novembro e a quarta em dezembro

Governo anuncia pagamento do pacto
Governo anuncia pagamento do pacto
Por Da Redação
Foto Divulgação

O Governo de Aratiba anunciou terça-feira (04) o calendário de pagamento do Pacto por Aratiba. De acordo com a Secretaria de Agricultura, o investimento neste ano será de aproximadamente R$ 2 milhões, e a ordem de pagamento inicia pela letra Z. O recurso será dividido em quatro parcelas. A primeira será paga no final de setembro, a segunda em outubro, a terceira em novembro e a quarta em dezembro.

Para cada CPF será repassado até R$ 10 mil por ano como forma de incentivo à produção agropecuária. O repasse do dinheiro vai ser proporcional ao volume da produção comercializada pelo agricultor e de acordo com a característica de cada atividade. Produtores de suínos, aves e bovinos receberão 0,7% sobre o total comercializado. Já os produtores de leite e das demais atividades, como a produção de laranjas, a alíquota é de 2%. Os agricultores de produtos agroecológicos terão o dobro do incentivo: 4%.

O agricultor, Altair Lunkes, que mantém 3.800 suínos alojados em sistema de integração já foi beneficiado pelos recursos do Pacto por Aratiba no ano passado. A criação é totalmente automatizada o que, segundo o agricultor, permite escalar a produção. “A tecnologia reduz muito a mão de obra para a família em si, porque o que a gente tem ali é mão de obra familiar, então com o maquinário, a questão do robô, as outras instalações que a gente tem automáticas, facilita muito para a gente conseguir atingir uma quantidade maior de animais”.

Recentemente, o agricultor ampliou as instalações passando de 2.200 para o alojamento dos atuais 3.800 suínos. “Pra nós que somos produtores de integração a gente viu com bons olhos a ajuda do Pacto porque incentivou a gente a ampliar. Agora estamos com o primeiro lote alojado e o recurso que veio do Pacto foi usado nesta nova instalação”, diz Altair.

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas