26°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,59 Dólar R$ 5,61
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,59 Dólar R$ 5,61

Publicidade

Região

Hospital de Barracão recebe recursos indicados pelo deputado Paparico

Emenda parlamentar de R$ 100 mil será aplicada no tratamento da Covid-19

Paparico Bacchi
Por Assessoria de Comunicação
Foto Irineu Fontela filho

O governo do Estado autorizou o pagamento de R$ 200 mil indicados pelo deputado Paparico Bacchi (PL) para fortalecer dois hospitais da região Nordeste. Os termos aditivos foram assinados nesta quinta-feira (23) e beneficiam os hospitais São Paulo, de Lagoa Vermelha e São Valentim, de Barracão. Os recursos, liberados em cerimônia virtual coordenada pela secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, deverão ser aplicados na aquisição de medicamentos, insumos e estratégias de combate ao novo coronavirus.

Momento histórico

Paparico Bacchi afirma que este é um momento histórico para a saúde de Lagoa Vermelha, Barracão e toda a região de abrangência da Associação dos Municípios do Nordeste Riograndense. O líder da bancada do Partido Liberal na Assembleia Legislativa ressalta que pela primeira vez um deputado estadual teve a oportunidade de indicar emendas ao orçamento do Estado, conforme prerrogativa inédita proporcionada pelo governo do Estado durante a votação da proposta no ano passado.

“Tenho compromisso com as pessoas que confiaram seu voto no meu trabalho e nas minhas propostas. Acredito que estes recursos que chegam em boa hora para os hospitais São Paulo e São Valentim, representam a força do voto e fortalecem estas duas importantes instituições de saúde da minha região”, diz Paparico Bacchi.

R$ 1 milhão para a saúde regional

Membro titular da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, Paparico Bacchi indicou emendas que totalizam R$ 1 milhão. Além de Lagoa Vermelha e Barracão, foram beneficiados hospitais de Sananduva, Vacaria, Tapejara, Paim Filho, Erechim, Maximiliano de Almeida e Campinas do Sul. O município de Cacique Doble recebeu recursos para compra de uma ambulância.

A proposta inicial das emendas era para investimento nos hospitais. Porém, por solicitação do governo, os recursos precisaram ser remanejados para o tratamento da Covid-19.

 

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas