0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Charrua: profissionalização, reaproveitamento e maior renda

Município realiza curso de processamento de frutas

Município realiza curso de processamento de frutas.jpeg
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

A Emater-RS/Ascar de Charrua promoveu nos dias 8, 9 e 10 deste mês, um curso de processamento de frutas na cozinha do salão paroquial, na Cidade Baixa. O objetivo do curso foi processar as frutas para agregar valor aos produtos cultivados pelos agricultores familiares, e aproveitar o excedente da safra, que não é consumido no período ou comercializado in natura.

O curso foi ministrado pelos extensionistas do escritório municipal, Roseli Lazzarotti Bonesso e Vilmar Tonello, para um público de 30 pessoas.  Foram elaborados doces em calda, compotas, chimias e geleias. Além do processamento das frutas por meio da técnica de desidratação, processo que permite o armazenamento da fruta por longa data, conservando a fruta com suas propriedades nutricionais.

A extensionista Roseli orientou sobre as boas práticas na manipulação de alimentos, quesitos essenciais para se obter um produto de qualidade e com durabilidade.

Na elaboração de algumas geleias e compotas foram usadas frutas produzidas no município, como é o caso do pêssego, figo e amora. Outras frutas adquiridas em outros locais foram processadas na elaboração da geleia de abacaxi com pimenta e da chimia de cenoura com laranjas, num total de 10 receitas.

Foi usado na oportunidade um secador elétrico para a elaboração de doces cristalizados ou em passas. Essas especiarias agregam alto valor comercial e são encontradas somente nos grandes centros, porém podem ser feitas na propriedade com baixos custos, também podendo ser utilizado secador solar.

No último dia do curso, contou-se com a presença do ATR, Carlos Angonese, que fez uma explanação sobre o processo de secagem e armazenagem de frutas e grãos, com a construção de secadores caseiros (solar), eficientes e muito econômicos.

A Emater-RS/Ascar em parceria com a prefeitura municipal de Charrua vem incentivando os agricultores na implantação de novos pomares de frutas, para diversificar a propriedade e gerar renda. Nesse sentido, a capacitação vem contribuir para o processamento e aproveitamento do excedente das frutas, uma vez que não é possível armazenagem in natura.

O técnico agrícola, Vilmar Tonello, salienta para a importância de uma renda alternativa para os pequenos produtores e as frutas tem se apresentado uma boa opção. Informa ainda que, para quem desejar o processamento comercial, a Emater é executora do Programa Estadual de Agroindústria Familiar.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas