0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Entreterimento

Avião supersônico promete ligar Londres aos EUA em menos de uma hora

Voando até 4.000 km/h sem danos

Aviao Hipersonico.jpg
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

Graças aos britânicos e suas tecnologias, em breve será possível a idéia de que aviões hipersônicos levem passageiros de Londres a Nova York em menos de uma hora.

Engenheiros da Reaction Engines, com sede em Oxfordshire, Inglaterra, testaram com sucesso um novo sistema de "pré-resfriamento" que permite que os motores hipersônicos suportem velocidades de até 4.000 km/h. 

No entanto, viajar em velocidades tão extremas não têm sido uma tarefa fácil de alcançar, porque as condições pouco favoráveis fazem com que o motor derreta. O ar a essa velocidade pode atingir mais de 1.000 graus.  

Em seus testes, a Reaction Engines conseguiu uma maneira incrível de reduzir essa temperatura para 150 graus em 20 segundos, com isso, é possível viajar a velocidades muito altas, sem correr o risco de danos ao motor do avião.  

A empresa testou o "pré-resfriador" em seu motor Synergetic Air Breathing Rocket – um motor híbrido que usa hidrogênio e que foi projetado para ser instalado em aviões comerciais e naves espaciais. O mecanismo funciona resfriando o ar que chega aos motores usando minúsculos tubos de hélio super-resfriado.  

Atualmente, a equipe está testando partes do motor em Denver e no colorado. Eles esperam iniciar seus voos de teste em meados de 2020, antes dos voos comerciais, que estão programados para 2030. 

"O mecanismo de resfriamento é um dos projetos de engenharia mais empolgantes do Reino Unido e pode mudar para sempre a maneira na qual lançamos satélites em órbita e viajamos pelo mundo", disse Chris Skidmore, o ministro da Ciência do Reino Unido.  

Publicidade

Blog dos Colunistas