0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Entre Rios do Sul: salto de desenvolvimento virá por meio do turismo, diz prefeito

Segundo prefeito, município já tem licença e projeto, somente aguarda o governo do estado perfurar o poço de água termal

A proposta para tentar resolver o problema da falta de acesso asfáltico, é fazer um consórcio com ou
De acordo com Jairo, apesar das dificuldades, o município está com as contas e pagamentos em dia
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Ígor Dalla Rosa Müller

O município de Entre Rios do Sul está completando 31 anos de emancipação política e administrativa. Segundo o prefeito, Jairo Paulo Leyter, nesses anos houve muitos avanços e conquistas. “Hoje, Entre Rios do Sul investe, por ano, quase R$ 5 milhões na área da saúde, e também, quase R$ 5 milhões na área da educação. Isso representa 27,5% do orçamento investidos em educação e mais 27,5% em saúde de um orçamento anual de R$ 17 milhões. A gestão pública é muito importante para transformar os recursos públicos em serviços ao cidadão”, afirma.  

Aposentadoria  

Uma das dificuldades enfrentadas pela administração pública está relacionada à continuidade dos funcionários públicos aposentados no serviço público. “Hoje, temos quase 25% do nossos concursados, funcionários públicos, aposentados que continuam na ativa. Esse seria um ponto importante para mudar com a reforma da Previdência, senão vai acabar inviabilizando todos os municípios”, observa.

Acesso asfáltico

A proposta para tentar resolver o problema da falta de acesso asfáltico, é fazer um consórcio com outros municípios, tendo em vista que o Estado do RS está sem condições de fazer investimentos nessa área. 

Conforme Jairo, a proposta do consórcio seria envolver os municípios de Entre Rios do Sul, Três Palmeiras, Trindade do Sul, Cruzaltense e Campinas do Sul, todos beneficiados com o asfaltamento de cerca de 40 quilômetros entre os municípios de Três Palmeiras e Campinas do Sul. O objetivo do consórcio seria buscar uma parte dos recursos em emendas parlamentares e a outra seria financiada pelos municípios.   

“Depois de asfaltada, a manutenção seria devolvida para o Estado, são 40 quilômetros de asfalto que ligam Três Palmeiras, Entre Rios do Sul, Cruzaltense e Campinas do Sul. Assim, duas regiões ficariam ligadas, Amau e Amzop, isso abrange em torno de 78 municípios”, afirma. E, acrescenta, “além disso, mais uma ligação com Santa Catarina”.

Avaliação

De acordo com Jairo, apesar das dificuldades, o município está com as contas e pagamentos em dia, e continua com todos os serviços básicos ao cidadão, transporte escolar, manutenção de estradas, atendendo as demandas na área da saúde, que vêm aumentando. “Mesmo assim fomos em busca de recursos e conseguimos investimentos do governo federal em ambulância, retroescavadeira, tratores”, diz.

Monitoramento

O prefeito comenta que Entre Rios do Sul está desenvolvendo um sistema de monitoramento na segurança pública que será pioneiro na região, um investimento superior a R$ 500 mil.

“O projeto vai implantar em torno de 17 câmeras, 12 num primeiro momento e mais cinco depois, para monitorar todas as entradas e saídas das cidades, centro, parque náutico. O sistema tem um convênio com a Brigada Militar por meio do Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM), e irá transmitir as imagens para a Brigada de Erechim”, comenta.

Jairo ressalta que o município conseguiu no governo anterior quatro novos policiais. “Assim, comparado a outros municípios da região, o nosso é um dos que mais tem policiais proporcionalmente a população”, diz.

Alternativas

Conforme Jairo, nesses dois anos Entre Rios do Sul conseguiu atrair várias empresas e fortalecer empreendimentos locais. No entanto, o prefeito acredita que o salto de desenvolvimento virá por meio do turismo. Ele explica que o turismo injeta recursos diretamente na economia do município. “O turista vem aqui e gasta no município”, diz.

O prefeito afirma que já tem alguns investimentos feitos no Parque Náutico e outros em análise para ser viabilizados. “Aguardamos a perfuração do poço de água termal que estamos buscando há vários anos no governo do estado. A licença e o projeto já estão prontos, falta o governo estadual colocar a máquina e perfurar o poço para nós. A máquina tem alcance de mil metros de profundidade e está em Porto Alegre”, diz.

Segundo Jairo, Entre Rios do Sul é bem localizado e com a concretização dos investimentos no setor atrairia muitos turistas e daria o impulso no desenvolvimento do município.

Dificuldades

Entre Rios do Sul não é uma exceção quando o assunto são as dificuldades enfrentadas pelos municípios. “Hoje, o estado possui débitos com todos os municípios desde 2014, principalmente na área da saúde. No caso de Entre Rios do Sul temos feito um esforço extraordinário para manter os serviços já implantados em funcionamento, mas também chegamos ao limite”, salienta.

Programação de aniversário  

No próximos dia 9 haverá um almoço em comemoração aos 31 anos do município, na ocasião será feita a escolha das soberanas, shows e o lançamento da ExpoRios, que será realizada ano que vem, na semana do município.

Publicidade

Blog dos Colunistas