0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Chuva atrasa início das obras de asfaltamento em Ponte Preta

Na semana que vem será feito levantamento da situação do trecho, para em seguida começar a obra

“A questão financeira está bem equalizada. Hoje, o nosso problema é o tempo”, diz Rogério
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Arquivo BD

A obra de pavimentação de 3,9 quilômetros entre Ponte Preta e Barão de Cotegipe, localizada na RSC 480, prevista para iniciar no início do mês de julho ainda não saiu do papel. Segundo o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti, o atraso no início das obras se deve ao excesso de chuva no mês de julho, que interrompeu o cronograma de obras que vem sendo executado. “Atrasou toda a programação e a empresa que eu ia colocar aí para trabalhar está terminando de recuperar alguns serviços que ela teria programado nesse período”, afirma.

Ultimamente, enfatiza Rogério, o que vem atrasando a realização das obras é a chuva. “A questão financeira está bem equalizada, o fornecimento de asfalto, que teve um problema de quase 70 dias, mas hoje o nosso problema é o tempo”, observa.

A previsão é que na semana que vem, afirma o diretor-geral, ele envie profissionais para fazer o levantamento geotécnico e saber a situação do trecho de pouco mais de três quilômetros a ser asfaltado, para em seguida começar a depositar a base e iniciar a obra.

“A terraplenagem está praticamente pronta, não vou ter que mexer nela, assim como a drenagem e os aterros. Aproveitar o máximo que já tem lá”, explica.

Rogério comenta que também está sendo recuperado acesso a Áurea, com as obras em andamento. Nos próximos dias serão realizadas melhorias no trecho entre Erebango e Estação-Getúlio Vargas e no acesso a Ipiranga. “Vamos avançar muito na questão de recuperação de rodovias”, conclui.

“A questão financeira está bem equalizada. Hoje, o nosso problema é o tempo”, afirma Rogério

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas