0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Estado

Erechim é pioneira na utilização de terapia celular (células troncos) na área odontológica

O trabalho oferece um leque de indicadores que permitem conhecer a situação econômica, demográfica, social e de infraestrutura das regiões do RS

Foto: Karine Viana
Por

O trabalho oferece um leque de indicadores que permitem conhecer a situação econômica, demográfica, social e de infraestrutura das regiões do RS

O governador José Ivo Sartori (PMDB) recebeu do secretário de Planejamento e Desenvolvimento Estratégico, Cristiano Tatsch, os Cadernos de Regionalização, um estudo que apresenta perfis socioeconômicos dos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). Na ocasião, foi assinado um protocolo de cooperação entre Governo e Fórum dos Coredes para a elaboração dos Planos Estratégicos de Desenvolvimento.

“A elaboração dos perfis é um ponto de partida para o debate que vamos promover nas regiões do Rio Grande do Sul para então, formatar os Planos Estratégicos dos Coredes. O estudo vai nos permitir detectar os temas que merecem atenção especial do governo, respeitando as particularidades de cada região. É uma forma embasada de promover um desenvolvimento regional seguro e também manter o controle dos gastos públicos”, afirmou Sartori.

De acordo com Tatsch o trabalho oferece um leque de indicadores que permitem conhecer a situação econômica, demográfica, social e de infraestrutura das regiões do Rs. “Trata-se de um diagnóstico elaborado a partir de uma base de dados comum a todas as regiões. Serve como subsídio ao planejamento do Estado e dos Coredes para construir o PPA (Plano Plurianual)”, explicou o secretário. É a primeira vez que é feito um material aprofundado de cada região.

O perfil apresentado ao governador no Palácio Piratini leva em consideração todos os estudos realizados nas últimas décadas, tanto pelo Estado como pelas regiões. “A regionalização do Plano Plurianual demonstra o esforço do Governo em trazer um novo ciclo de desenvolvimento sustentável e de qualidade de vida para cada uma das regiões do RS”, concluiu o secretário. 

O presidente do Fórum dos Coredes,Paulo Roberto Oliveira Fernandes, viu com otimismo a iniciativa. “Queremos encontrar, junto com o Governo, caminhos para fomentar um desenvolvimento harmônico pelo interior do RS”, destacou.

O Plano Plurianual (PPA) é o instrumento legal que define, para um período de quatro anos, diretrizes, objetivos e metas da administração estadual. Está organizado por meio de programas e ações por área de atuação regionalizada para buscar o equilíbrio territorial.    

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas