0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Construção e Decoração

iStock-834437240.jpg

Saiba como escolher sua cabeceira de cama

Por

Uma cabeceira de cama pode mudar completamente o ambiente. Apesar de ser um item predominantemente estético, é importante saber que ela tem sua utilidade ao servir como divisória de espaço, sendo prática e confortável. Na Grécia antiga e no Renascimento, eram usadas como encosto para os convidados, que realizavam as refeições na cama; na Idade Média, começaram a ter cada vez mais detalhes e a ser forradas com tecidos. Anteriormente, elas eram fixas, mas com a criação da cama box, agora elas funcionam como um item à parte e necessitam de criatividade para fazer parte do quarto.

Como a cabeceira é removível, ela pode ser perfeita para quem mora de aluguel. Antes de escolher um modelo, no entanto, é preciso ficar atento a alguns detalhes. Analise o tamanho do quarto, tanto em questão de comprimento quanto pé-direito e o conforto que você terá com o acessório de decoração.
Em quartos mais estreitos, o ideal é ter uma cabeceira baixa e longa, ou seja, que cubra toda a parede. Com essa técnica, o ambiente fica mais aconchegante e dá a sensação de ser mais amplo. A altura deve ficar em torno de 30 cm acima da cama. A cor indicada é a mesma dos tons da parede, para dar uniformidade ao ambiente.

Em um quarto baixo, o ideal é ter cabeceiras mais altas e curtas, com cores de destaque, para dar sensação de que o quarto é mais alto do que ele realmente é. Em ambientes mais proporcionais, é mais fácil de decorar. Você pode brincar mais com as formas, tamanhos e cores. A única dica é que a altura da cabeceira deve ser metade da medida da parede.

Existem diversos materiais utilizados para esse acessório: Cabeceira de madeira, de tecido, com adesivo, de acrílico e até mesmo cimento. Você deve harmonizar o ambiente, independentemente da escolha feita. Ou seja, as cores dos móveis do quarto devem se complementar e "conversar" entre si. Para deixar ainda mais estiloso, você pode colocar obras de arte e luzes internamente na cabeceira ou no teto para refletir o acessório de decoração. A utilização da luminotécnica com certeza vai transformar o ambiente.

No caso de cabeceiras infantis, opte por materiais antialérgicos e sem ponta. Elas podem ser bem divertidas e compor um ambiente mágico no qual a criança estará inserida boa parte do dia para brincadeiras e estudos. Também pode funcionar como uma prateleira de brinquedos. Por fim, invista na criatividade. Para tanto, embarque na técnica DIY (faça você mesmo). Coloque a mão na massa e monte sua própria cabeceira.

 

Leia também