14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Política

Ana Oliveira pede afastamento por 30 dias para reavaliar sua questão política

Em pronunciamento no expediente político, deixou claro que algo está lhe incomodando: “como mulher sofremos muitos preconceitos”

teste
Ana Oliveira: “fui chamada ao longo da minha vida política de várias coisas. De porcelana, de barbie
Por Rodrigo Finardi
Foto Reprodução TV Câmara

Ao final da sessão ordinária da Câmara de Vereadores da tarde de hoje (21), a presidente da Câmara de Vereadores Ana Oliveira (MDB), pediu afastamento por 30 dias para resolver questões pessoais. Mas sua decisão vai além: “essa casa nos traz muitas alegrias, mas também traz algumas tristezas”, deixando claro que alguma coisa está lhe incomodando.

Antes de anunciar seu afastamento por 30 dias, disse que tem 61 anos e desses, a metade dedicado a vida pública: “Durante todo esse trajeto, procurei me dedicar com a seriedade que levo minha vida, com honestidade e transparência”. Ana disse que sempre foi uma caminhada de muita luta: “lutas por ideias, por entender que cada um tem o seu direito. Mas sempre fiz essa caminhada com muito respeito”.

Fez questão de frisar, que esse trabalho foi com participação e intensidade nas questões partidárias:  “A gente não é ninguém sozinho. Nessa casa sempre defendi o diálogo, a harmonia e o respeito”

Num dos pontos mais fortes de seu pronunciamento, falou da condição de ser mulher e os preconceitos pelos quais passou: “Como mulher sofremos muitos preconceitos. Eu fui chamada ao longo da minha vida política de várias coisas. De porcelana, de barbie preta, de tudo que é nome pejorativo. Mas sempre olhei para frente, pois se olhasse para o lado ou para trás, eu não seguiria em frente”.

No encerramento de sua fala, deixou várias questões no ar, que irá permear os meios políticos:  “Hoje venho aqui, muito sentida, dizer que estou me afastando temporariamente deste poder. Eu voltarei para explicar a vocês o porquê disso. Mas preciso tomar essa atitude agora, para repensar algumas coisas, que não estão me deixando fazer o que sempre desejei e defendi. Irei reavaliar minha questão política”, finalizou.

Publicidade

Blog dos Colunistas