14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

País

Inicia Semana da Pátria: “patriotismo é como caridade, começa em casa”

Afirma o presidente da Associação de Reservistas Erechim, Ademir da Rosa, citando o homenageado, capitão Maurício Hass, em cerimônia que marcou a chegada do Fogo Simbólico, acendimento da pira da pátria, hasteamento dos pavilhões e homenagens

teste
Hasteamento dos pavilhões
“Muito temos feito, também, para mantermos nosso patriotismo e amor fiel à pátria", diz Luiz
A Liga em Erechim tem um núcleo ativo seus membros exercem papel no município, desenvolvendo ativida
Schmidt afirma que de uma coisa tem certeza, que acorda todos os dias com vontade de servir
Homenagem aos representantes da Associação dos Reservistas de Erechim
Acendimento da pira da pátria
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Ígor Dalla Rosa Müller

A cerimônia alusiva à Semana da Pátria com a chegada do Fogo Simbólico ocorreu, na manhã de ontem (1º), na Praça da Bandeira em Erechim. Prestigiaram o evento autoridades civis e militares e membros da Associação dos Reservistas de Erechim. O homenageado da Semana da Pátria 2020 é o capitão, Maurício Hass, oficial da reserva remunerada do Exército Brasileiro. Entre os temas da Semana da Pátria estão o Hino Nacional Brasileiro, a participação dos gaúchos na 2ª Guerra Mundial, e a Associação Nacional dos Reservista.     

Na ocasião, houve a chegada do Fogo Simbólico conduzido até a Praça da Bandeira pelas Guarnições do Corpo de Bombeiros Militar, que foi entregue ao presidente da Liga de Defesa Nacional, capitão Altemar Dutra, que juntamente com o prefeito de Erechim, Luiz Francisco Schmidt, fizeram o acendimento da pira da pátria.

Também foi realizado o hasteamento dos pavilhões e homenagens aos representantes da Associação de Reservistas de Erechim. O presidente da Associação de Reservistas Erechim, Luiz Ademir da Rosa, representou o homenageado da Semana da Pátria 2020, capitão Maurício Hass.      

Associação de Reservistas Erechim

Segundo Luiz, “a pátria é a família amplificada, e a família divinamente constituída tem por elementos orgânicos a honra, a disciplina, a fidelidade, bem-querença e o sacrifício. Essas foram as palavras proferidas por Rui Barbosa em 1903 no Colégio Anchieta em São Paulo”. E, acrescenta, “uso a frase do nosso paraninfo, capitão Hass, que em seu nome, também falou no 13 BPM: ‘penso que o patriotismo é como a caridade, começa em casa’”.

Em nome da Associação Nacional dos Reservista (ANR), tema municipal da Semana da Pátria 2020, Luiz disse que a entidade se sente lisonjeada por ser homenageada. “Mas reconhece seu valor em nossa sociedade, pois muito temos feito, também, para mantermos nosso patriotismo e amor fiel à pátria e levarmos, aonde formos, o nome da nossa amada Erechim”.  

E, como exemplo, lembra que anualmente no aniversário de Erechim, reservistas de muitos lugares comemoram em Erechim o aniversário do município. “Nos tornamos a capital nacional dos reservistas”, diz.

Ele ressalta que enquanto houver na entidade um reservista patriota, mesmo que em avançada idade, tem certeza que a pátria brasileira estará viva no coração e na mente de cada um.

Por fim, fez uma homenagem aos reservistas, combatentes da FEB e ao Hino Nacional. “Não fiquemos em berço esplêndido, mas sejamos gigantes e tenhamos braço forte, filhos desse solo, mãe gentil, pátria amada, meu Brasil”, disse.   

Liga de Defesa Nacional

O presidente da Liga de Defesa Nacional (LDN), capitão Altemar Dutra, disse que este é um ano atípico, causado pela pandemia da covid-19, e em função disso, a LDN adaptou o evento da chegada do Fogo Simbólico de Erechim e as comemorações da Semana da Pátria 2020, buscando preservar a saúde de todos envolvidos reduzindo os eventos, com poucos convidados.     

Ele lembra que a Liga foi fundada por intelectuais no Rio de Janeiro, em 7 setembro de 1916, “e que os objetivos se inseriam num ideal nacionalista que fomentava o conceito de cidadão-soldado, considerando as Forças Armadas como uma escola de civismo e cidadania, acreditando que todos os intelectuais deveriam se engajar na causa nacionalista a fim de formar um estado mais unido e moderno”.

Segundo o capitão, a Liga é um dos órgãos envolvidos na organização das festividades da Semana da Pátria em todo país, na guarda do Fogo Simbólico, que se encontra monumentos nacionais oficiais e acendimento, obrigatório de uma pira antes de todos desfiles cívicos oficias de Sete de Setembro.

Dutra enfatiza que a Liga em Erechim tem um núcleo ativo e que seus membros exercem papel no município desenvolvendo atividades sociais e culturais juntamente com outros órgãos públicos e entidades privadas. Para encerrar, citou Olavo Bilac: “a pátria não é raça, não é meio, não é um conjunto de aparelhos econômicos e políticos, é o idioma criado e herdado pelo povo brasileiro”.   

Prefeito

Na ocasião, o prefeito de Erechim, Luiz Francisco Schmidt, disse que ficou muito feliz com as palavras que ouviu na cerimônia sobre a representação da pátria e o momento em que se vive. “E vivemos dias muito difíceis, em que cada uma de nossas decisões são esmiuçadas com microscópio para ver onde erramos. Gostaria que o nosso país saísse dessa pandemia que nos assola, melhor do que quando entramos, mas infelizmente, muitas vezes chegamos a duvidar disso”, disse.

“Qual é o país que nós queremos construir? O que cada um de nós colabora para que tenhamos um país melhor? Estamos fazendo a nossa parte? Me questiono todos os dias se estou fazendo o que esperam que seja feito”, afirmou.    

Schmidt afirma que de uma coisa tem certeza, que acorda todos os dias com vontade de servir. “Talvez pela limitação do conhecimento não tenhamos sabido conduzir a cidade como ela merecia, mas ainda assim, tenho me embatido muito em defesa da vida”, disse.

Patrono da Semana da Pátria de Erechim 2020

O capitão Maurício Hass, da Reserva do Exército Brasileiro, nasceu em 23 de setembro de 1945 na cidade de Três de Maio, no Rio Grande do Sul. É filho de Erno Arnoldo Hass e Silvina Hass.

Casou-se com a Almerinda Guterres Hass, com quem teve dois filhos, sendo eles, Luiz Antonio Guterres Hass e Priscila Guterres Hass. Atualmente possui nora, genro e três netos. O capitão Hass, em 13 de julho de 1964, incorporou ao Exército Brasileiro, no 7º Grupo de Canhões Auto Rebocado-Ijui/RS. No dia 30 de setembro de 1985 foi transferido para a reserva remunerada no posto de capitão R/1.

Liga da Defesa Nacional

A Liga da Defesa Nacional do Rio Grande do Sul (LDN/RS), anualmente escolhe dois temas para evidenciar ou homenagear, um de cunho nacional, outro regional, quer seja um símbolo, ou uma instituição, quer seja um fato da história do Brasil, ou um brasileiro ilustre, ou uma ação, ou projeto. A homenagem ou evidência consiste em demonstrar a importância do tema escolhido para o processo civilizatório da Nação Brasileira.

Tema Nacional

Hino Nacional Brasileiro

O Hino Nacional é um dos Símbolos Nacionais, juntamente com a Bandeira do Brasil, as Armas Nacionais (Brasão) e o Selo Nacional. O Hino Nacional Brasileiro é muito importante para a brasilidade: “... a canção que representa uma Nação, como o Hino Nacional do Brasil, exalta fatos acontecidos, simboliza todas as lutas por ela passadas, carrega a identidade de um povo e a grande responsabilidade de ser o porta-voz da Nação brasileira para o restante do mundo” (AGUIAR, Lilian Maria Martins de. "Hino Nacional do Brasil"; Brasil Escola).

Tema Regional

Participação dos gaúchos na 2ª Guerra Mundial (GM)

Foi expressiva a participação de gaúchos na 2ª GM, não só pela quantidade, cerca de dois mil brasileiros nascidos no Rio Grande do Sul, como pela relevância das funções que exerceram na organização do contingente e no comando das operações. E, também, pelas demonstrações de patriotismo e coragem que deram no teatro de operações da Itália.

Além desses aspectos, há que se ressaltar que os gaúchos, mais do que integrantes de uma mobilização de guerra, foram absolutamente voluntários. Isso porque, o recrutamento foi mais efetivo no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Minas Gerais, considerando que as organizações militares que serviram de base para reunir o contingente estavam localizadas nesses estados, respectivamente o 1º Regimento de Infantaria (Rio/RJ); o 6º Regimento de Infantaria (Caçapava/SP); e, o 11º Regimento de Infantaria (São João Del Rei/MG).

Dessa forma, os voluntários gaúchos foram deslocados para essas cidades durante o processo de seleção e treinamento até ficarem em condições de serem deslocados para a Europa. Muitos não voltaram vivos da guerra, irrigaram o solo italiano com o sangue de heróis da Pátria. É o legado a ser estudado e ser reverenciado.

Tema Municipal

Associação dos Reservistas de Erechim

A Associação Nacional dos Reservistas (ANR), sociedade civil, sem fins lucrativos de âmbito nacional, fundada em 26 de abril de 1981, por reservistas das classes 1932 e 1933, com sede e foro na cidade de Erechim (RS), na avenida Maurício Cardoso, junto ao viaduto Rubem Verta.

ANR tem como objetivo principal promover a cultura e intensificar a aproximação, colaboração e solidariedade entre seus associados e comunidade, para o fortalecimento e o prestígio do Exército Brasileiro, fomentando o patriotismo e o civismo no seio da sociedade, na busca e resgate dos valores básicos da nação, bem como, integrar entidades e classes sociais, educandários e afins, e, reger-se-á pelo estatuto e legislação civil em vigor.

 Congrega reservistas de todas as classes, de todas as armas que compõem as Forças Armadas da República Federativa do Brasil. Teve como seu primeiro presidente o Senhor Kurt Alfred Thulk. Hoje, a atual diretoria é formada pelo presidente, Luiz Ademir da Rosa; vice-presidente, Agenor Domingos Favretto; tesoureiro, João Mendes; e secretário, André Luiz Provitina.

Publicidade

Blog dos Colunistas