0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Política

Amau: demandas regionais são debatidas em reunião

Foto: Izabel Seehaber
Por Izabel Seehaber

Saúde, infraestrutura e capacitações estiveram entre as áreas contempladas
Prefeitos dos municípios que compõem a Associação de Municípios do Alto Uruguai (Amau) estiveram reunidos na tarde de ontem (20), na sede da entidade. Entre os assuntos que estiveram em pauta destaca-se o andamento do processo para reabertura do Banco de sangue de Erechim, além de questões relacionadas à infraestrutura das rodovias regionais, tais como a ERS 135 e BR 153. Sobre o segundo tema, o debate contou com a presença do deputado estadual, Gilberto Capoani (PMDB), que também afirmou estar à disposição para contribuir nos trâmites para reabertura do Banco de sangue e para contratação de mais um médico legista para atuar no Posto do Instituto Médico Legal do município, sendo que atualmente há um profissional para atender a uma população de aproximadamente 217 mil habitantes.
A reunião teve início com a explanação do gerente regional da Emater, Gilberto Tonello e do adjunto, Neri Montepó sobre os cursos oferecidos pelo Cetre – Centro de treinamento da entidade. Na ocasião foi apresentada uma proposta de convênio entre Amau e Emater/Cetre para capacitação de agricultores, a qual foi aprovada pelos participantes da reunião. A ideia é que seja subsidiado pela Amau o valor de até R$ 3 mil com o foco, entre outros propósitos, de qualificar a merenda escolar. O presidente da Amau e prefeito de Três Arroios, Lirio Zarichta, salientou que será entregue um documento ao secretário estadual de educação, Vieira da Cunha, solicitando melhorias na unidade.
Tonello pontuou que o Cetre dispõe de uma estrutura organizada e entre as áreas abrangidas com as capacitações está a de panificação, massas, bolos e tortas, agroindústrias, citricultura, bovinocultura, além de secagem e armazenagem de grãos.  
Parceria contra a Dengue, Zica e Chikungunya
Na reunião também foi citado o plano unificado entre os municípios para enfrentar a Dengue, a Zica e a Chikungunya. Nesse contexto, alguns prefeitos se manifestaram em relação a dúvidas e percalços encontrados nas ações de combate ao mosquito transmissor das doenças. Sendo assim, ficou tratado de levar as questões ao debate juntamente com a Coordenadoria Regional de Saúde. Está programada uma nova reunião para o dia 24, a qual poderá ter a presença do presidente da Amau.
Um fato preocupante foi trazido pelo prefeito de Faxinalzinho, o qual citou que o município registrou recentemente o primeiro caso de morte por dengue hemorrágica no Estado. Se trata de uma paciente do sexo feminino que teria sido transferida para Erechim, mas não resistiu à doença.
Banco de sangue
Em seguimento aos temas voltados à saúde, a reunião contou com a presença do administrador judicial provisório do Banco de sangue de Erechim, Jackson Arpini, o qual anunciou que o município será contemplado com o programa Hemovida, que se trata de um sistema de gerenciamento em serviços de hemoterapia, com o objetivo de informatizar todo o ciclo de doação de sangue, desde a captação até a distribuição do material, controlando cada etapa do processo.
Jackson alertou ainda, sobre as tratativas e processos para a retomada das atividades do Banco de sangue. Para a próxima semana está programada uma vistoria na instituição. “Acredito que até junho devemos superar os entraves e reabrir a entidade. Estamos com as contas em dia, foram efetuadas demissões de quatro colaboradores e agora precisamos aguardar a decisão do governo do Estado”, comentou.
Neste âmbito, os prefeitos, por iniciativa do prefeito de Erechim, Paulo Polis, definiram o prazo até 30 de junho como limite para uma possível solução deste caso que vem se alastrando por cerca de seis meses.  
Infraestrutura
Outro assunto que recebeu destaque na reunião foi a priorização dos recursos do pedágio para duplicação, sinalização e restauração da ERS 135.
Deputado Capoani sugeriu para que fosse definida uma região como prioritária para acelerar as obras de melhorias nas rodovias. Ao mesmo tempo, citou que mais viável seria a escolha pela ERS 135 – trecho de Erechim a Passo Fundo.
O presidente da Amau enfatizou: “não podemos ser modestos, devemos pensar pela região e, portanto, na ERS 135 e na BR 153, de maneira conjunta”.
O encontro também teve a participação de membros do DNIT. O assunto tratado se refere à sinalização da BR 153, mais precisamente nas proximidades da empresa Viero.
Entre as diversas reinvindicações, o prefeito de Severiano de Almeida, Ademar Basso, ressaltou o pedido para que seja avaliada a possibilidade de instalação de lombadas eletrônicas no trecho que liga ao município, para tentar diminuir os índices de acidentes na região.
Também estiveram presentes membros da direção da Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim e da 11ª CRS. Na oportunidade foram tratados aspectos sobre o convênio e dificuldades enfrentadas pelos municípios.

 

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas