11°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,44 Dólar R$ 4,01
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,44 Dólar R$ 4,01

Publicidade

Política

IPTU Verde: vereador Lucas Farina sugere redução do imposto a contribuintes que adotem medidas em benefício do meio ambiente

IPTU Verde
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

Em tempos em que é cada vez mais necessário olhar com atenção e cuidado para o meio ambiente, o Poder Legislativo erechinense mostra que está empenhado em fazer sua parte para que as próximas gerações tenham um mundo mais sustentável e limpo. Na sessão ordinária da última segunda-feira (12), o vereador Lucas Farina (PT) sugeriu ao Poder Executivo a instituição do programa “IPTU Verde”, que incentiva a sustentabilidade urbana nos imóveis do município.

De acordo com o projeto-sugestão, o objetivo é fomentar e incentivar o uso de tecnologias ambientais sustentáveis, medidas que preservem, protejam e recuperem o meio ambiente, autorizando a redução de até 21% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) a proprietários de imóveis que atenderem aos requisitos citados. As medidas adotadas consistem, para imóveis edificados, em sistema de captação e reuso de água da chuva; sistema de aquecimento hidráulico solar; sistema de energia solar; construções com material sustentável; plantio de árvores; áreas permeáveis e telhados verdes. Já em imóveis não-edificados, é sugerida a manutenção do terreno sem a presença de espécies invasoras, utilizando para produção de alimentos saudáveis.

Conforme observa o vereador proponente, é de grande importância que medidas mais efetivas comecem a ser aplicadas com a finalidade de melhor conservar o ambiente em que vivemos. “Estamos no limite para a mudança de pensamento, de comportamento e de ações ligadas ao meio ambiente. É necessário que essa mudança de fato ocorra, bem como, pelos bons resultados alcançados em cidades que adotaram o IPTU Verde. Atribui-se boa parte do êxito ao fato de que neste projeto os compromissos são compartilhados entre os administradores públicos e os cidadãos”, afirma Farina, destacando que mais de 60 cidades brasileiras já adotaram o projeto. Após a leitura no plenário, o pedido foi encaminhado à secretaria competente da Prefeitura.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas