0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Erechim 100 anos

Contabilistas destacam evolução da atividade ao longo da história de Erechim

d.jpg
sata.jpg
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Associação fundada em 1963 busca unir profissionais da cidade. Primeira ata revela história da Associação dos Contabilistas de Erechim

 

A Associação dos Contabilistas de Erechim, se une à população da cidade para comemorar os seus 100 anos de emancipação política. “A todos, os nossos parabéns, com a esperança de dias cada vez mais promissores para a comunidade erechinense”, destaca a entidade.

O profissional da contabilidade, ou contador, deste os tempos antigos, sempre foi uma pessoa importante e de confiança das mais diversas corporações, mesmo aquelas informais, para o controle das finanças e dos capitais destas e dos proprietários ou sócios/acionistas. Antigamente eram chamados de “guarda-livros”, por motivos óbvios.

Posteriormente, as atividades sofreram modificações e passou a ter um controle mais direto dos tributos das empresas, notadamente as pequenas empresas, enquanto que das médias e grandes além da arrecadação de tributos, também cuidavam e cuidam das demonstrações contábeis e financeiras. De posse disso oferece elementos aos administradores para a tomada de decisões.

Com a evolução da inteligência artificial, a tendência é que haja uma profunda modificação da atuação do contador.  O recolhimento dos tributos e a elaboração das demonstrações contábeis, serão feitos  automaticamente, bastando um operador de computador para que os resultados estejam a disposição dos administradores.

O profissional contábil, vai ocupar-se de atividades mais especializadas, como auditoria, controladoria mais específicas  e profundas, porque as mais comum a máquina também estará realizando.

Com tudo isso podemos verificar que o profissional que desejar continuar na área contábil e  no mercado, deverá constantemente estar em atualização.

A Associação dos Contabilistas de Erechim, foi fundada em 15 de maio de 1963, com a finalidade de trazer uma integração entre os profissionais e treinamento dos mesmos, em virtude da grande mudança que já a partir daquela época já ocorria com frequência.

A primeira diretoria foi composta pelo presidente: Jorge Lisboa Goesler; vice-presidente: Silvino Zaffari; 1º secretário: Zilio Sartori; 2º secretário: João Busato; 1º tesoureiro; Acleto Remor; 2º tesoureiro: Santo Albino Marcante; Conselho Fiscal tendo como membros efetivos Armando Deboni, Atilio Valiera, Ademir Piloto, Lewis Luiz Caron, Waldir Barbieri, Ary Madalozzo, Atalo Roncato, Arcenio Wecelewski e Hermes Barbieri; e suplentes Nelson Luiz Berto, Celso Guella, João Pesamiglio, Jaime Luiz Lago, Wldir Pessot, Valério Zavaski, Ernesto Deboni, Aldir Menegatti e Dario Cervelin.

 

Publicidade

Blog dos Colunistas