0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Erechim 100 anos

“Erechim é um município fiel ao seu passado de pioneirismo”

Prefeito Luiz Francisco Schmidt pontua virtudes, aponta desafios e projeta o futuro

Primeira dama e prefeito schmidt .JPG
Por Rodrigo Finardi
Foto Rodrigo Finardi

No dia em que Erechim completa 100 anos, o prefeito Luiz Francisco Schmidt ( na foto com a primeira-dama Rosmari Schmidt), fala sobre as qualidades, projeta que se transformará numa cidade universitária e pontua que o maior desafio é a geração de emprego e renda.

Para o prefeito, Erechim enche os olhos de todos que aqui chegam: “Temos os erechinenses que nasceram aqui e tem os erechinenses que nos adotaram. O coração falou mais alto e eles vieram morar aqui e fizeram dessa cidade o seu lar. É uma cidade que a todos nós orgulha”.

De acordo com Schmidt, Erechim é um município que dispõe de uma estrutura completa: “Temos tratamento de saúde em quase todas as áreas.  Temos ensino universitário nas cinco áreas do conhecimento humano. Temos, embora insipiente, uma indústria do turismo sim. Turismo de eventos. Turismo de negócios. Turismo de saúde e turismo de educação”

Faz questão de lembrar do início de tudo e também os próximos passos: “É uma cidade fiel ao seu passado de pioneirismo e uma cidade que programa o futuro com muita segurança. É uma cidade que vai avançar e que logo se transformará numa cidade universitária assim como Santa Maria e Passo Fundo, sendo um referencial no conhecimento humano”.

A capacidade dos empresários é citado pelo prefeito, enfocando o setor terciário: “Temos uma indústria muito desenvolvida. Temos duas ou três no seu segmento como as maiores do mundo, com melhor qualidade e mão de obra extremamente capacitada. Assim nós só podemos avançar”.

Como invariavelmente fala em entrevistas, Schmidt deixa claro o papel do prefeito para o desenvolvimento do município: “Eu digo sempre que o crescimento não depende do prefeito A, B, C ou D. A cidade vai avançando e o prefeito é o mero coordenador dos esforços coletivos”.

O principal desafio de Erechim nesses 100 anos é elencado pelo prefeito: “No momento, o que mais precisamos é geração de emprego e renda. Precisamos sim, em função da crise nacional que assolou a todos de 2014 a 2017, retomar o crescimento. E retomar o crescimento não é no número de moradores absolutos e sim de melhora dos índices socioeconômicos para aqueles que adotaram Erechim tenham condições de empregabilidade. Essa é a nossa necessidade mais urgente. Temos indústrias, temos comércio, temos ensino de muita qualidade, então precisamos sim gerar emprego e renda”

E encerra projetando o futuro: “Esses 100 anos é apenas o início de uma jornada muito gloriosa”

 

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas