0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Erechim 100 anos

De colônia a município

Em um século, o pequeno povoado de Paiol Grande se transformou na casa de mais de 100 mil pessoas

2
Por Najaska Martins - najaska@jornalbomdia.com.br
Foto Arquivo Jornal Bom Dia

Em um século, o pequeno povoado de Paiol Grande se transformou na casa de mais de 100 mil pessoas

O nome da cidade referência do Alto Uruguai, Erechim, tem origem no caingangue e significa “campo pequeno”, provavelmente uma referência aos campos cercados por florestas comuns na região. Esta nomenclatura, porém, nem sempre se limitou ao território de 409,06 quilômetros quadrados onde hoje habitam mais de 103 mil pessoas.

Para entender, é necessário voltar a 1908, quando o governo do Estado do Rio Grande do Sul decretou, em 6 de outubro, a criação de uma nova colônia no município de Passo Fundo, localizada às margens da estrada de ferro e à margem direita do Rio dos Índios. Essa colônia, então foi denominada como Erechim, compreendia o território onde hoje localiza-se o município de Getúlio Vargas.

Nesta época, a localidade do atual município de Erechim chamava-se Paiol Grande, caracterizando-se como um pequeno povoado. O local foi crescendo com a chegada dos trilhos e com a inauguração da estação ferroviária em 1910, que permitiu ligações para a Capital, para as colônias velhas e para os outros estados. Por insistência do engenheiro Torres Gonçalves, a sede da Colônia é transferida, no ano de 1916, para a localidade de Paiol Grande, onde é especialmente construído um prédio para sediar a Comissão de Terras – o Castelinho.

Os pesquisadores Enori Chiaparini e Altair Menegatti, em documento disponível no Arquivo Histórico Municipal, também citam a ferrovia, como principal argumento para a transferência da sede. “A existência da ferrovia facilitou e incentivou a imigração que foi bem considerável a partir de 1910. Em 1916, o Escritório da Comissão de Terras foi transferido de Erechim (atual Getúlio Vargas) para Paiol Grande (atual Erechim). Este fator somou-se ao da ferrovia para dinamizar o crescimento local. Em 1918 a colônia de Erechim emancipou-se de Passo Fundo, com o nome de Boa Vista. A estação ferroviária foi a primeira construção de Paiol Grande. Ao seu lado logo foi construída também a primeira moradia, de propriedade de um funcionário da ferrovia, Antenor Pedrollo”.

Em 30 de abril de 1918, Antônio Augusto Borges de Medeiros, assina o decreto que cria o município de Erechim, com sede em Boa Vista de Erechim, desmembrando o território do município de Passo Fundo.

Publicidade

Blog dos Colunistas