25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Ensino

URI comemora 30 anos de história

Criada em 19 de maio de 1992 por meio da integração de instituições, a Universidade carrega uma trajetória de ensino, pesquisa, extensão e desenvolvimento regional

teste
Ao longo dos 30 anos da URI, mais de 45 mil estudantes passaram pela Universidade
Por Taiane do Carmo
Foto Joi Zamboni

A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) completa nesta quinta-feira dia 19 de maio, 30 anos de atuação na região com uma trajetória de ensino, pesquisa e extensão com foco no desenvolvimento regional. Criada em 1992, a Universidade nasceu por meio da integração de instituições de ensino superior, sendo elas: a Fundação Missioneira de Ensino Superior (FUNDAMES), Fundação de Ensino Superior do Alto Uruguai (FESAU) e Fundação Alto Uruguai para a Pesquisa e o Ensino Superior (FAPES), criando dessa forma a Fundação Regional Integrada (FuRI). 

História

Neste mesmo ano (1992), o ministro de Estado da Educação José Goldemberg por meio do decreto nº 83.857 e tendo em visto o Parecer do Conselho Federal de Educação nº 285/92, resolve conceder reconhecimento a URI, mantida pela Fundação Regional Integrada, com sede em Santo Ângelo, Rio Grande do Sul.

Após o ato, foram instalados oficialmente, os Câmpus de Erechim, Frederico Westphalen Santo Ângelo, Santiago e ainda as extensões de Cerro Largo e São Luiz Gonzaga. No mesmo ano, foram empossadas as chefias de departamento, coordenações de cursos e instalados o Conselho Universitário, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e empossados seus membros. 

Primeiros cursos

Os primeiros cursos de graduação instalados no ano de 1993 em Erechim foram: Administração Com. Exterior, Direito Noturno, História e Licenciatura Pl de Matemática. Já em 1994 iniciaram as graduações de Engenharia de Alimentos, Informática, Letras -Inglês e Matemática. Conforme o ensino foi avançando, novos cursos e especializações foram implantados, aliados na visão do futuro, formação de qualidade e desenvolvimento regional.

URI Erechim

De acordo como reitor da URI Erechim, Arnaldo Nogaro, a ideia de criar a Universidade partiu da comunidade regional que decidiu unir as Fundações. “Para construir a URI naquele momento, foi criado um grupo tarefa, aonde participaram diferentes profissionais da sociedade juntamente com professores. É necessário reconhecer o trabalho de todos que foi muito importante. Todos, sem restrições, fizeram e ainda fazem parte da trajetória destas três décadas da Universidade que caminha para uma consolidação.”, pontua.

O diretor Administrativo da URI Erechim, Paulo José Sponchiado ressalta a importância da instituição na região que desde o princípio, atua de forma comunitária. “A Universidade foi planejada de forma a oferecer ensino superior e contribuir no desenvolvimento de Erechim e região. Por ser comunitária, nossa ligação com as pessoas é muito grande. Por isso, em todas as atividades que realizamos, olhamos para a nossa comunidade; todos os recursos gerados são aplicados na sociedade”, afirma.

O diretor geral da URI Erechim, Paulo Roberto Giollo, destaca a contribuição da Universidade no desenvolvimento regional. “São 30 anos da URI, mas de FAPES são mais de 50 anos que estamos na região. A instituição elevou o patamar o Alto Uruguai, são mais de 20 mil profissionais, de todos os setores, que estudaram na URI e estão espalhados por diversas empresas e cidades. Realmente nos orgulha muito entrar em uma empresa e ouvir um: ‘Oi professor, tudo bem?’, de estudantes que se formaram na Universidade e possuem muita competência, o que é fundamental”.

O diretor acadêmico da URI Erechim, Adilson Luís Stankiewicz salienta a qualidade dos cursos de graduação e como a instituição está atenta às inovações. “O futuro de uma universidade em relação as novidades do ensino, é sempre difícil de prever. Mas algo que podemos garantir à comunidade, é que a URI será sempre a primeira a implementar tudo aquilo que vem melhorar e qualificar o ensino e a aprendizagem de todos”, declara. 

Três décadas

Ao longo dos 30 anos da Universidade Regional Integrada, mais de 45 mil estudantes foram formados e cerca de sete mil ainda frequentam a instituição. Ao todo, são 36 cursos de graduação presencial e 17 de Educação a Distância (EAD); 34 cursos de pós-graduação presencial e 19 EAD. Além disso, seis mestrados e três doutorados. Um trabalho de forma integrada com parcerias e projetos nas mais diversas áreas.

 

Publicidade

Blog dos Colunistas