14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

Unimed 50 anos: um livro concebido por várias mãos e mentes

teste
Uma obra feita por várias mãos, com pessoas daqui, desde a primeira ideia de sua concepção até a imp
Por Rodrigo Finardi
Foto Divulgação

No evento que marcou os 50 anos da Unimed Erechim, no Anfiteatro Dr. Sérgio Benito Maccagnini, na terça-feira, 5, também foi dia do lançamento do livro “Unimed Erechim – 50 anos – Um feliz reencontro com a história – Presente, passado e futuro”.

A emoção do discurso do presidente

Uma obra feita por várias mãos, com pessoas daqui, desde a primeira ideia de sua concepção até a impressão. No discurso do presidente da Unimed Erechim, Luiz Felipe Barreneche Leães, ele se emocionou quando fez essa referência, que o livro que estava sendo entregue, foi elaborado e executado por profissionais que trabalham na Unimed Erechim, com alguns prestadores de serviços, também de Erechim. Foi aplaudido.

Cresceu, sem esquecer sua origem

Na sua emoção, a história da Unimed, nesses 50 anos, relatados nas páginas do livro. Pessoas daqui que se reuniram para prestar serviços de saúde de forma cooperada. O início, como qualquer negócio é difícil, precisa recuar, mas quando não se afasta do seu objetivo, os resultados aparecem. E é assim na Unimed Erechim. Ela cresceu, sem esquecer sua origem (passado), sem descuidar o presente e sempre de olho no futuro, frente aos desafios que batem à porta. E que de um a um são suplantados.

A foto da minha mãe

E entre tantas pessoas que participaram da elaboração deste livro, coube a mim (com apoio de muitos) a pesquisa fotográfica destas cinco décadas. Confesso que num determinado momento me emocionei, nas comemorações dos 25 anos, quando encontrei uma foto que minha mãe, Stela Mariz Berto, aparecia. Ela tinha uma agência de publicidade e foi contratada na época (1996), pelo então superintendente Alcides Mandelli Stumpf e o presidente Nilso Zaffari. E naquela época, o slogan usado para comemorar a data foi: “Unimed, carinho pela vida”.

Impregnado no DNA da cooperativa

Por que conto essa história? Para mostrar que essa relação com a comunidade, com seus clientes, com os prestadores de serviços, com sua gente, está impregnada no DNA da cooperativa.

O processo de elaboração

Fiz questão de colocar todos os nomes na legenda dessa foto, pois cada um teve sua importância, na execução do livro. O presidente e a direção que confiaram o trabalho para uma equipe local, as duas gerentes que deram condições para que os colaboradores envolvidos com o trabalho pudessem expressar seu espírito criativo, e a liberdade para os colaboradores darem ideias e ajudarem no processo todo.  

Maestria do coordenador

Como escrevi no início deste texto, uma obra elaborada por várias mãos. Gostaria de agradecer o presidente da Unimed Erechim, Dr. Luiz Felipe Barreneche Leães e ao Dr. Alcides Mandelli Stumpf, que coordenou todo esse trabalho com maestria.

No final, deu tudo certo

Tem outras pessoas, que não posso deixar de nominar. A jornalista Diana Rocha, com sua capacidade e paciência oriental, solicitando o material, em função dos prazos. O Lucas De Toni Reginatto, autor da capa e projeto gráfico do livro, pela sua dedicação e vontade de fazer acontecer essa obra como se fosse um filho seu. E por último ao colega de longa jornada, Salus Loch, que trabalhamos juntos desde 2001. Conversamos muito no decorrer da confecção do livro. Muitas vezes apreensivos pela demanda, pelos prazos, mas no final deu tudo certo.

A foto

Na foto Gabriele Costa Pereira, Diana Rocha, Cleusa Daronch, Alessandra Sonda, Luiz Felipe Barreneche Leães, Flávio Augusto Girardello, Élcio Marcos Zanardo, Paulo Cézar Rodrigues Martins, Mário Lourenço Tormen, Neusa Cidade Garcez, Cezar Augusto Detoni, Elcemina Lúcia Balvedi Pagliosa, Adriana Biasi Machiavelli, Rubens José Munaretto, Alcides Mandelli Stumpf, Rodrigo Finardi, Salus Loch e Lucas De Toni Reginatto.

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas