14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

O maior amor da sua vida, nasceu de você

Colaboradoras do Grupo Bom Dia, relatam as dores e delícias da maternidade, para evidenciar esta data tão especial

teste
Dia das Mães.jpeg
Por Ragnara Zago
Foto Divulgação

​Muitas mulheres sonham ainda quando meninas em serem mães. A ideia da maternidade nos é imposta quando somos presenteadas com bonecas que, nos fazem reproduzir o tratamento de nossas mães, visualizado na infância. Costumo dizer que a tendência, é a mulher adquirir boa parte da personalidade da própria mãe, assim que “chegar a sua hora” de assumir esse papel. Aliás, vai muito além de um papel, uma nomenclatura ou título. Na verdade, vai até mesmo, além da gestação. 

​Visualizamos por meio da televisão, redes sociais e revistas, modelos perfeitos de maternidade, o que na prática é algo totalmente diferente. A maioria das mulheres, guerreiras, precisam conciliar o “ser mãe” com trabalho, serviços domésticos, responsabilidades financeiras e matrimônio. Mães vivenciam situações de acordar às 4 horas da manhã ao pé da cama, quando o filho ainda bebê acorda para mamar ou adolescente, chega em casa tranquilizando finalmente o seu sono. A maternidade “real”, por traz do Instagram e Facebook é desafiadora. Mas, só quem é mãe sabe a dor e a delícia desta responsabilidade gerada por E em nós mesmas! 

Kely Cristina Vargas – Mãe do Benjamin 

A maternidade me fez amadurecer em todos os sentidos, me fez sentir e enxergar o verdadeiro amor, que é inexplicável. Hoje posso dizer que sei o que minha mãe, que não é de sangue, mas é de alma e coração, sente por mim, pois sinto tudo isso pelo meu filho em relação a amor, preocupação, emoção, tristeza, dor, orgulho, medo, felicidade, pois só quem é mãe tem um vasto de sentimentos. Ser mãe é um privilégio, é ter desafios diários, é ser grata por esta benção e por este sentimento único. Meu Ben, você é o presente que tanto pedi, meu bem mais preciso, meu raio de luz, te amo infinitamente.

Solange Leal da Silva – Mãe da Larissa, Jonatã, Hélio Júnior e Lucas 

Ser mãe é entender, perdoar e amar sem limites. É dar o melhor de si, sem esperar nada em troca. De todos os presentes que Deus me deu até hoje, a maternidade foi o melhor deles. Um novo capítulo da vida inicia, quando nos tornamos mãe, e partir dele, o mundo só faz sentido com a presença dos filhos. Mãe é ninho, que abriga um, dois, três, quatro passarinhos. Jonatã, Hélio Júnior, Lucas e Larissa, obrigada por existirem e me tornarem mãe. Amo vocês! 

Ragnara Zago – Mãe do Augusto

O cordão umbilical conecta o bebê à mãe, por meio da placenta. É por intermédio dele que o bebê se alimenta e recebe nutrientes e oxigênio. Dizem que o cordão umbilical é cortado no momento em que a criança nasce, o que de fato é verdade. Porém, a ligação entre mãe e filho vai muito além. Um cordão umbilical “imaginário” continua intacto, sem que ninguém possa cortá-lo, por toda a vida. Só acredita quem vivencia ou sente na pele. Mãe e filho são conectados a tal ponto de compartilharem as mesmas emoções sem estarem em um mesmo espaço físico. Esse laço não pode ser cortado. Nem a morte o faz. Com a maternidade vivi as melhores experiências da minha vida, e me tornei uma nova mulher. Meu filho é meu combustível, meu oxigênio. Obrigada por existir, Augusto! 

Margot Schneider – Mãe do Guilherme

Meu sonho de ser mãe se concretizou. Lá estava eu a caminho da maternidade. Foram anos de inúmeros aprendizados, mãe de primeira viagem, mas com amor transcendendo qualquer dificuldade que pudesse surgir. Não existe mais “eu” e sim “nós”. A alegria e felicidade é tamanha que chega ser impossível expressar. O menino dos meus olhos vive em mim hoje e para sempre. Em cada passo, conquista, dúvida. Em dias de sol e nublados estarei aqui, o colo sempre será teu, e assim por toda vida. Amo você meu Gui, do meu jeito, do teu jeito!

Daiane Delavale – Mãe da Betina

Ser mãe é amar sem medidas, um sentimento maior que você mesma. Sua vida passa ser a vida de seu filho. Ser mãe é se apaixonar todos os dias pelo mesmo sorriso e descobrir forças que você achava que não tinha, e medos que você achava que não existiam. Faltaria um pedaço de mim sem minha filha, com certeza eu não seria tão feliz, pois ela traz alegria, felicidade e luz em todos os dias da minha vida. Em cada fase surgem novos desafios: Será que estou dando o melhor de mim? Será que deveria ensinar as coisas de uma forma diferente? Ainda não sei e acho que nunca saberei, mas tenho a certeza que o meu amor e minha vida serão sempre por ela.

Rejane Gobi  Mãe do Gabriel

Ser mãe é assumir de Deus o dom da criação, da doação e do amor incondicional. Deus não pode estar em todos os lugares é por isso fez as mães. Um amor mais forte que tudo, mais duradouro que tudo, é somente o amor de mãe.A maternidade nos dias de hoje não é nada fácil. Pelo contrário. Ser mãe atualmente significa lidar com muitas situações que as mães do passado não enfrentavam. Cada vez com mais funções, a mulher de hoje é mãe, profissional, dona de casa e ainda precisa cuida de sua beleza e autoestima. É preciso saber educar, ser amiga e companheira, sempre acompanhando os passos e a evolução. Estar antenada nas mudanças e novidades digitais, no modismo, nas mudanças emocionais, e tudo o que o mundo oferece gratuitamente aos nossos jovens, são definitivamente nossas responsabilidades. Gabriel, Deus me deu a oportunidade de ser Mãe, e eu escolhi ser. De todas as minhas escolhas na vida, você é a melhor e mais abençoada, amo você.

Manuela Dal Bosco – Mãe do Benício

Ser mãe foi um divisor de águas na minha vida. Sou infinitamente melhor e mais feliz depois da chegada do Benício. E todos aqueles clichês sobre a maternidade felizmente se confirmaram. Desfruto de cada um deles sempre tentando melhorar como mãe e como ser humano. Costumo dizer que esta é a aventura mais incrível que já embarquei e cada dia fica melhor e mais emocionante. O amor e a conexão com meu filho me fazem feliz todos os dias.

 

Loivani Santos – Mãe da Vanessa, Andressa e Janessa

Ser mãe é amar sem limites. É ter a certeza da divina criação de Deus. Da multiplicação da natureza. Sem esta dádiva, o mundo não teria flores na primavera, não teria aromas nem detalhes tão perfeitos e complexos. Ser mãe conforta a alma e o coração. Vocês são tudo na minha vida Andressa, Vanessa e Janessa. Amo muito vocês!

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas