14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Tecnologia

Erechim: Hospital Santa Terezinha inova com visitas humanizadas para pacientes com Covid

Não existe um protocolo único sobre visitas a pacientes com Covid-19 no país. O Ministério da Saúde diz que cada serviço de saúde tem autonomia para orientações específicas, de acordo com a comissão de controle de infecção hospitalar

teste
Divulgação
Por Assessoria de comunicação
Foto Divulgação

A Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE), com o objetivo de humanizar e aproximar pacientes com Covid-19 e seus familiares, deu início na última semana às visitas humanizadas na Casa de Saúde.

Conforme explica o diretor Executivo do Santa Terezinha, Rafael Ayub, foi disponibilizado um dia por semana para que as visitas ocorram. “O familiar que vem visitar é devidamente orientado quanto aos cuidados, recebe todos os equipamentos de proteção individual adequados a visita, primando pelo cuidado com a vida do paciente, bem como com a vida do familiar. Isso foi feito buscando acalentar às famílias e os pacientes nesse momento tão delicado e difícil de ser enfrentado”, explica Ayub.

As visitas ocorrem quinta-feira à tarde para UTI Covid e sexta-feira à tarde para Ala Clínica Covid. É permitida somente a entrada de um familiar por paciente, sendo que os familiares entram em momentos distintos para que não haja aglomeração durante a visita. A orientação aos familiares é repassada pelos médicos do hospital que trabalham diretamente com pacientes diagnosticados com Covid.

Não existe um protocolo único sobre visitas a pacientes com Covid-19 no país. O Ministério da Saúde diz que cada serviço de saúde tem autonomia para orientações específicas, de acordo com a comissão de controle de infecção hospitalar.

“As internações de pessoas infectadas por Covid costumam ser longas e também solitárias tanto para os pacientes quanto para a família. Por isso, o hospital começou a permitir visitas aos doentes, com todos os protocolos sanitários e de proteção. É máscara, gorro, o capote, que é o avental descartável, a luva. O hospital absorve essa questão da paramentação e tem uma orientação antes do familiar entrar. Esperamos, com isso, trazer mais conforto para os pacientes e para os familiares”, conclui o diretor do Hospital Santa Terezinha.

Publicidade

Blog dos Colunistas