14°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,12 Dólar R$ 5,18
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,12 Dólar R$ 5,18

Publicidade

Esportes

Inter atropela o São Paulo e assume liderança do Brasileirão

teste
Cuesta abriu o placar para o Colorado
Por Alan Dias
Foto Ricardo Duarte/Inter

O Inter engatou a sétima vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro, goleou o São Paulo por 5 a 1 na noite de hoje (20), no Morumbi, e assumiu a liderança da competição. O resultado levou o time gaúcho aos 59 pontos, dois a mais que o clube paulista

O Colorado entrou em campo focado e pressionou o time paulista desde os primeiros segundos, com marcação intensa, roubadas de bola e partindo para o ataque. Aos 5’ já havia finalizado três vezes e aos 7’, após cruzamento de Moisés, Cuesta se antecipou na entrada da pequena área e cabeceou para as redes.

O São Paulo pouco passava do meio-campo e nas poucas vezes em que se aproximava da área colorada, tentava chutes de longa distância. Lomba só precisou trabalhar aos 23’, quando o time paulista conseguiu boa troca de passes e Gabriel Sara bateu de meia distância. Mas não houve tempo para o São Paulo gostar do jogo. No mesmo minuto, Yuri Alberto tocou para Caio Vidal, que tocou na saída de Volpi e ampliou. O Inter dominava o jogo, mas aos 35’, Juanfran cobrou escanteio na primeira trave, Reinaldo desviou e Luciano apareceu na segunda trave para descontar.

 

Segundo tempo

O São Paulo voltou para o segundo tempo com postura diferente e passou a tentar pressionar mais, mas o Colorado mantinha a marcação sob pressão e a iniciativa paulista durou pouco. Aos 14’, o São Paulo tentou sair rápido com Vitor Bueno, que perdeu a bola. Yuri Alberto avançou e tocou na saída de Volpi para marcar o terceiro. Aos Edenílson tocou para Peglow na intermediária. Ele lançou Yuri Alberto que passou por Volpi e chutou balançou as redes novamente. Dois minutos depois, o quinto gol do time gaúcho. Daniel Alves perdeu no meio e Parick lançou Yuri Alberto, que invadiu a área e chutou rasteiro para sepultar qualquer tentativa de reação paulista. Abel Braga promoveu algumas alterações, possivelmente já pensando no clássico de domingo, e diminuiu a intensidade na partida, mas manteve o domínio. Aos 45’ o árbitro encerrou a partida.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas