14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Esportes

Ypiranga empata com o Londrina e precisa vencer e torcer para o Remo na última rodada

Ypiranga foi melhor, mas não conseguiu ampliar
Por Alan Dias
Foto Londrina Esporte Clube/Divulgação

O Ypiranga ameaçou mais, foi valente e esforçado, mas não conseguiu sair do empate com o Londrina, na noite deste domingo (10), no estádio do Café.

Com o resultado, o Canarinho segue com chances de conquistar o acesso para a Série B, mas para isso precisa vencer o Paysandu no próximo domingo (17), no Colosso da Lagoa, e torcer por uma vitória do Remo (com o acesso já garantido) sobre o Londrina, no Mangueirão.

 

Primeiro tempo

O Ypiranga iniciou o jogo atacando e abriu o placar logo a um minuto de jogo. Em cobrança de escanteio, o goleiro Dalton saiu mal Zé Mário, na segunda trave, mandou de cabeça para as redes.

O Londrina tentou responder, mas a marcação do Canarinho era forte e o time da casa não conseguia chegar na área. Aos 8 minutos ameaçou em uma cobrança de falta de Adenílson, que balançou a rede pelo lado de fora. O Ypiranga se fechou e passou a buscar o contra-ataque, enquanto o Tubarão tentava chutes de longe. Aos 18 minutos, Uelber viu o goleiro adiantado e bateu da intermediária, por cobertura. A bola passou perto da trave. E aos 28 minutos, Adenílson garantiu o empate em uma bomba, também de longe. A bola foi no canto do goleiro Deivity, que saltou, mas não alcançou. Os dois times, que precisavam da vitória, seguiram buscando o ataque, mas sem maior perigo para nenhum dos lados.

 

Segundo tempo

A segunda etapa começou mais uma vez com Domínio do Canarinho. Após cobrança de escanteio aos 4 minutos, Zé Mário apareceu livre na segunda trave e mandou para fora. Aos 17 minutos, a jogada se repetiu. Caprini cobrou escanteio e Zé Mário, livre na segunda trave, mandou para fora. O Tubarão promoveu alterações, mas só conseguiu ameaçar aos 24 minutos, quando Uelber recebeu na área pela esquerda, bateu cruzado e a bola passou pela frente do gol. Um minuto depois, novamente o Londrina. Igor Paixão e tocou para trás e Adenílson dominou na área, limpou e chutou. A bola desviou e saiu por cima do gol. O Ypiranga seguia melhor e aos 35 minutos, Cristiano invadiu a área e foi derrubado pela defesa. Pênalti, assinalou o árbitro. Reinaldo cobrou forte, rasteiro, no canto esquerdo, mas Dalton buscou e impediu o gol. O time de Erechim manteve a pressão e aos 41 minutos, Quirino mergulhou na primeira trave após cruzamento, cabeceou com perigo, mas a bola foi para fora. No minuto seguinte aconteceu a grande chance do Londrina. Uelber bateu cruzado, dentro da área, a bola passou por Deivity, mas Reinaldo salvou quase em cima da linha. A partir daí o fôlego dos atletas diminuiu, o Ypiranga seguiu tendo as melhores chances, mas sem grande perigo e aos 48 minutos o árbitro encerrou a partida.

Publicidade

Blog dos Colunistas