0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

Com adaptações, festa de São Cristóvão está confirmada

Programação religiosa inicia nesta sexta-feira (17), com realização da novena

Dia de São Cristóvão, o protetor dos agricultores e motoristas é comemorado em 25 de julho
Por Amanda Mendes
Foto Leandro Zanotto (ArquivoBD)

Os preparativos para o Dia de São Cristóvão, comemorado em 25 de julho, já estão se intensificando em Erechim. Neste ano, algumas mudanças foram necessárias para atender os protocolos sanitários e evitar contaminações pelo novo coronavírus, mas a comemoração ao protetor dos agricultores e motoristas, está confirmada.

Conforme o pároco da Paróquia São Cristóvão, padre Anderson Francisco Faenello, a festa respeitará protocolos sanitários, recomendados por autoridades e especialistas. “As celebrações, no possível, terão a participação de fiéis, ainda que restrita, com uso de máscara, verificação de temperatura corporal e respeitando o distanciamento. As bênçãos aos carros e aos motoristas acontecerão normalmente, visto que não geram aglomeração e nem exposição que possa colocar em risco as pessoas”, contou à reportagem do Jornal Bom Dia.

“É fato que em determinados momentos poderão se formar filas de veículos, mas isso não significa um problema, não aglomera pessoas, que estarão protegidas dentro dos veículos. Além disso, os responsáveis pelas bênçãos, padres e auxiliares, serão adequadamente cuidadosos e seguirão protocolos específicos, como distanciamento e uso frequente de álcool em gel para a higienização das mãos e outros instrumentos”, acrescentou.

Programação

Conforme o padre, a programação é extensa e inicia nesta sexta-feira (17), com a novena, que será realizada até sábado, 25 de julho, às 19h. “Já a missa e a bênção da saúde serão na mesma data da festa, no dia 26 deste mês, às 10h e às 14h30, respectivamente. Haverá a costumeira procissão com a imagem do Santo carregado pelo carro do Corpo de Bombeiros, dia 26, às 8h30”.

Faenello destaca que as tradicionais bênçãos de São Cristóvão também estão mantidas em diversos locais e horários. “Ocorrerão no sábado (25) e no domingo (26), em muitos pontos do município”.

Com relação a programação social, o padre afirma que as fichas de churrasco para retirada no domingo (26) já estão disponíveis. “E, a partir da quinta-feira (23), de manhã, junto ao ginásio da Paróquia terá à venda assados de suíno e frango, mondongo, cucas, pães, bolachas e bolos. Tudo devidamente embalado para ser consumido em casa”.

Jantar-baile cancelado

No entanto, o tradicional jantar-baile dos motoristas precisou ser cancelado. “Foi necessário realizar essa alteração na programação social, bem como, nos cuidados com os produtos que serão comercializados, que estarão todos devidamente embalados para serem retirados e não poderão ser consumidos no local”, informou Faenello.

Transmissão online

A programação religiosa será transmitida virtualmente na página da Paróquia São Cristóvão, no Facebook.

“O protetor da travessia”

De acordo com Faenello, a festa comemora o protetor dos agricultores e dos motoristas. “Conta a história que Cristóvão, originalmente chamado Reprobus, era um homem de estatura física alta e forte que, motivado por certo monge que o educou na fé cristã, passou a ajudar as pessoas a atravessar um rio do lugarejo onde vivia, cujas correntezas já haviam feito várias vítimas. Em certa ocasião, carregando uma criança, sentiu como se ‘o peso do mundo estivesse em seus ombros’. Ao queixar-se daquele peso, a criança lhe respondeu: ‘carregas não o mundo, mas o Senhor do mundo’. Aquela criança era Cristo”.

“Disso se seguiu a devoção a São Cristóvão como o protetor da travessia, o que faz alusão à sua atividade, que carregava, que conduzia em segurança as pessoas de uma margem a outra do rio. Ainda, se poderia dizer, neste contexto tão conturbado de pandemia, vale-nos, com toda certeza, invocar São Cristóvão, para que nos ajude a atravessar esta crise, tanto sanitária quanto econômica, em segurança. Que possamos chegar à outra margem, ao pós-pandemia, sãos e salvos”, complementou.

Neste ano, a festa tem como tema “com São Cristóvão, escolher e cuidar da vida”. “O que constitui tanto um desejo no que se refere às estradas, muitas vezes tidas como locais de muito risco, como também um pedido nosso neste contexto de pandemia: que a vida prevaleça, que o cuidado com a vida, pessoal e dos outros, seja para nós remédio e força de superação. Deixemo-nos contagiar pelo cuidado da vida. Sempre a vida em primeiro lugar”, concluiu Faenello.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas