6°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,09 Dólar R$ 5,39
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,09 Dólar R$ 5,39

Publicidade

Ensino

Instituições se organizam para a retomada de atividades presenciais

Ensino remoto segue nas principais etapas, mas a Secretaria de Educação de Erechim ainda não divulgou como serão as atividades. A URI retornará com as atividades essenciais

Na URI, as atividades liberadas pelo governo estadual devem retornar no dia 15 de junho
Por Amanda Mendes
Foto Divulgação

Na quarta-feira (27), o governador Eduardo Leite divulgou as datas do retorno das primeiras etapas de atividades presenciais na educação gaúcha. Neste primeiro momento, que começa no dia 15 de junho, serão liberadas apenas as atividades essenciais no ensino superior, pós-graduação e ensino técnico subsequente, bem como, as aulas em cursos livres.

As aulas nas redes pública e privada, serão retomadas em modelo remoto em junho. O governo estuda o retorno presencial em julho nos ensinos médio e infantil.

Na Universidade Regional Integrada (URI) decidiu na última sessão do Consegue Universitário, que as aulas seguem suspensas. Haverá uma nova reunião do Conselheiro Universitário, na terceira semana de junho, para reavaliar a situação.

Já a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – campus Erechim, realizou na quarta-feira uma sessão do Conselho Universitário para tratar sobre esse assunto. A Reitoria irá publicar uma nota para divulgar como serão os próximos passos, mas até o fechamento desta edição, a reportagem não obteve acesso.

Na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) o ensino segue completamente remoto e a previsão de retorno deve ser em setembro.

A suspensão das atividades letivas nos campi do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) foi prorrogada até 3 de julho de 2020. A decisão foi tomada em reunião extraordinária do Conselho Superior (Consup) da instituição, realizada na manhã desta sexta-feira, 22 de maio de 2020. Os servidores seguem trabalhando de forma remota nesse período.

Mesmo com as novas determinações do governo estadual, as escolas municipais de Erechim, que ainda não iniciaram o ensino domiciliar, ainda não têm previsão da Secretaria Municipal de Educação de como o trabalho remoto será implementado.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas