0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

Instituições da região são contempladas com doação de leite

Ação é organizada por associados de cooperativa e prevê a destinação de mais de 45 mil litros

Leite recebido vai se juntar a outros alimentos que estão sendo distribuídos a quem mais precisa
Por Izabel Seehaber - *Com informações Assessoria Santa Clara
Foto Divulgação

Mais de 650 produtores da Santa Clara doaram mais de 45 mil litros de leite, que irão beneficiar 20 instituições assistenciais de vários municípios, entre os quais, Getúlio Vargas (Lar dos Idosos, Lar da Menina e Hospital São Roque), Estação (CRAS e Hospital Santo Antônio) e Jacutinga (Lar dos Idosos).

Com duração de duas semanas, a campanha foi protagonizada pelos associados, que doaram o que foi possível para contribuir. A Cooperativa se comprometeu com a industrialização, envase e entrega dos alimentos. Conforme ressalta o presidente do Conselho de Administração da Cooperativa Santa Clara, Rogerio Bruno Sauthier, mesmo diante das dificuldades encontradas no campo, o espírito solidário e cooperativista falou mais alto. “Apesar do nosso produtor estar sofrendo pela seca, ele ainda foi solidário e ajudou as pessoas mais necessitadas. Esse é o espirito do cooperativismo. Agradecemos imensamente a todos que doaram e contribuíram para esta nobre missão. É gratificante saber que vamos dar paz e alimento a tantos que precisam”, observa.

Doações são muito bem vindas

Para a administradora do Lar dos Idosos de Jacutinga, Inês Bordin Garcia, gestos como esse são muito importantes, sendo que o momento atual, em razão da pandemia, provoca muita apreensão. “A nossa rotina mudou totalmente. As visitas foram suspensas desde o dia 13 de março e estamos tomando todas as precauções, com uso de EPIs (entre os quais estão luvas e máscaras descartáveis). Já tivemos idosos internados por outros problemas de saúde e quando retornaram à casa, fizemos a quarentena em que, somente as cuidadores tem acesso ao quarto. Com isso aumentaram bastante nossas despesas mas isso é fundamental para manter a segurança de todos”, comenta.

Ao todo são 21 idosos e 11 colaboradores na casa. A entidade também recebe a ajuda da comunidade em geral, lideranças e membros de entidades. Os interessados em contribuir podem contar diretamente com a direção do Lar, pelo telefone: 3368-1463. As principais necessidades são: luvas e máscaras descartáveis, álcool em gel, cadeiras de roda e cadeiras de banho.

Em Getúlio Vargas

Em Getúlio Vargas, o Lar da Menina foi uma das instituições beneficiadas com a ação dos associados da cooperativa. Para a diretora da Escola de Educação Infantil Favinhos de Mel (mantida pela Ação Social Getuliense Nossa Senhora da Salete – Lar da Menina), Geni Ana Bonalume, o leite recebido é essencial e vai se juntar a outros alimentos que estão sendo distribuídos a quem mais precisa.

Ela explica que mais de 200 crianças são atendidas no Lar e, mesmo com as atividades presenciais suspensas desde o dia 19 de março, o trabalho em prol das famílias prossegue em ritmo forte. “Como somos uma ONG, recebemos doações de toda comunidade regional. Esse momento de pandemia está sendo bem delicado para a entidade, pois há várias famílias que necessitam de auxílio. As doações contribuem para que, a cada 10 ou 15 dias possamos fazer uma distribuição significativa. No dia 19 de maio foram contempladas 82 famílias e provavelmente no dia 2 de junho, considerando a quantidade de alimentos que recebemos, serão em torno de mais 80 beneficiados”, ressalta.

Geni salienta que todos os dias chegam pedidos de complemento alimentar e por isso, a equipe do Lar conta sempre com o suporte da comunidade. “Também recebemos doações anônimas de dinheiro. Com esse valor adquirimos ovos e outros itens”, acrescenta.

Quem quiser colaborar com o Lar da Menina pode contatar pelo telefone: 3341-2032.

Banco de alimentos do RS recebe 25,9 mil litros

Para o Banco de Alimentos do RS, com sede em Porto Alegre, que atende 312 entidades gaúchas, foram destinados 25,9 mil litros de leite. “Muito embora neste momento em que a pandemia do coronavírus esteja provocando tanto sofrimento, tanta tristeza e tanta dor, inclusive provocando a fome, nós temos que registrar e agradecer o carinho dos produtores da Cooperativa Santa Clara, que nos fizeram uma doação fantástica na ordem de 26 toneladas de leite para serem distribuídas às pessoas que mais necessitam”, agradeceu o presidente da rede de Banco de Alimentos do RS, Paulo Renê Bernhard.

 

 

Publicidade

Blog dos Colunistas