0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Ensino

Estudantes da FAE realizam manifestação

Ação ocorreu no fim da tarde de hoje (14)

Ato ocorreu no fim da tarde de sexta-feira (14)
Por Amanda Mendes
Foto Amanda Mendes

O fim da tarde de sexta-feira (14) foi marcado pela manifestação protagonizada por estudantes da Faculdade Anglicana de Erechim (FAE) e do Instituto Barão do Rio Branco. O ato teve apoio também de professores e funcionários que atuaram na Instituição.

De acordo com uma das organizadoras, Júlia Carolina Ramisch, que estava no 5ª semestre do curso de Design, o protesto visou sensibilizar a FAE para a causa dos estudantes que não conseguiram realizar transferências para outras universidades. “A Instituição fechou e a direção fez diversos anúncios para imprensa informando que todos os alunos foram realocados. No entanto, algumas graduações não têm em nenhuma universidade de Erechim ou nos municípios próximos, que é o do meu e do tecnólogo em Eletrônica Industrial. Não queremos dinheiro, apenas nos formar no curso em que sonhamos”, contou à reportagem do Jornal Bom Dia.

Ainda, na sexta-feira, o Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro/RS) emitiu uma nota sobre a ação coletiva para pagamento de verbas rescisórias dos professores do Instituto e da FAE.

O Sinpro/RS ajuizou ação coletiva na Justiça do Trabalho em Erechim, na última terça-feira (11), com pedido liminar, pleiteando o pagamento das verbas rescisórias dos professores da Faculdade Anglicana de Erechim e do Colégio Barão do Rio Branco, bem como a liberação, por alvará, do saldo do FGTS depositado e das guias de seguro desemprego. A iniciativa se dá diante do comunicado da instituição de encerramento das atividades.

O Sindicato lembra que está acompanhando o caso permanentemente e reitera seu compromisso de continuar lutando pela garantia da integralidade dos pagamentos das verbas rescisórias devidas aos professores”, pontua a nota.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas