0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Erechim

Novos conselheiros tutelares assumem os trabalhos em Erechim

Assumiram como conselheiros tutelares titulares: Luciano André Perosa, Ademir da Rosa, Aldecir Antônio Vicensi, Aladir Mariga e Gilseia Terribile

Conselho.JPG
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

Aconteceu na manhã de hoje (10), no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, a cerimônia de posse dos novos conselheiros tutelares, titulares e suplentes de Erechim. O ato contou com a presença do prefeito em exercício, Marcos Lando e da secretária da Assistência Social, Linir Zanella.

Depois da manifestação do presidente do Comdicae Luiz Fernando Optiz que presidiu os trabalhos, Linir Zanella destacou o momento como de grande importância para que a comunidade de Erechim tenha mais este serviço, o de zelar pelas crianças. “A partir da posse, o Município coloca a Secretaria da Assistência Social à disposição dos novos conselheiros. Somos parceiros de todas as ações que serão desenvolvidas. Que seja uma ação conjunta de fortalecimento às crianças”.

Em sua manifestação, Marcos Lando pontuou a importância do trabalho dos Conselheiros Tutelares. “Um trabalho com a participação do Poder Executivo, de assessorar as famílias e acompanhar as crianças e dar toda a atenção que lhes é devida. Que todos façam o melhor, conforme suas atividades, para todos nós. Que a ética seja a principal ferramenta de trabalho de todos vocês”, frisou.

Representando o Poder Legislativo, a vereadora Eni Scandolara destacou o trabalho de cada um que concorreu aos cargos de Conselheiro Tutelar. “De pessoas que se propõem a uma atividade diferenciada e que possuem um olhar especial para as nossas crianças. Vocês serão, em alguns casos, a última esperança para muitas delas. Que tenham união, respeito e ética para exercerem, na plenitude, este trabalho”.

Assumiram como conselheiros tutelares titulares: Luciano André Perosa, Ademir da Rosa, Aldecir Antônio Vicensi, Aladir Mariga e Gilseia Terribile. Também tomaram posse os cinco suplentes.

O Conselheiro Tutelar deve zelar pelo cumprimento de direitos, garantir absoluta prioridade na efetivação de direitos e orientar a construção da política municipal de atendimento.

Publicidade

Blog dos Colunistas