0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Turismo

Com agulha e linha na mão, secretário inspira voluntários

Secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Nova Prata, Everson Marca ajuda na confecção da decoraç
Os quadrados confeccionados, após o Natal, serão higienizados e transformados em mantas para aquecer
No Complexo Hidrotermal Caldas de Prata possui uma cascata que enche os olhos dos turistas
Árvores centenárias decoradas com bolas revestidas em crochê
Por Rodrigo Finardi e Leandro Zanotto
Foto Rodrigo Finardi

Foi sentado em uma cadeira de praia, na Praça da Bandeira, considerada o coração da cidade de Nova Prata, na serra gaúcha, de chinelos, calção e camiseta, que encontramos o secretário de Cultura, Esporte e Turismo do município, Everson Marca. Em suas mãos linha e agulha e no pensamento a ideia de criar uma árvore para aquecer corações.

Nos aguçou a curiosidade

Nossa presença foi uma surpresa. Não foi agendado nada com a equipe presente ao local do Jornal Bom Dia, que participava do congresso de jornalismo. O casuísmo e a ideia desenvolvida pelo município, explanada no dia anterior em palestra, nos aguçou a curiosidade do que estava sendo feito. E decidirmos conhecer a Praça da Bandeira deles, no coração da cidade, com árvores centenárias, e muita sombra para adultos e crianças.

Com a “mão na massa”

Nos aproximamos, e não notamos a presença do secretário. Nos apresentamos para poder registar o momento de várias mulheres trabalhando em prol da comunidade que nos deparamos com o secretário, literalmente com ‘a mão na massa’. Ele riu e pontuou: “Estou apenas apreendendo, nada demais”.

 

Quis aprender na folga

Com objetivo de estimular a comunidade e ajudar, o secretário conta que apenas tirou um tempo de sua folga, para ir à praça, apreender crochê e colocar os efeitos de Natal, feitos do mesmo material ao longo da praça.

 

“Um fio que une”

Por isso só, a ideia do projeto denominado “Um fio que une”, já é inspiradora. Desde de maio deste ano, dezenas de voluntários se uniram para fazer pequenos quadrinhos de crochê, que se transformarão em uma árvore de natal e enfeites que poderão ser conhecidos a partir 28 de novembro. Ao fim do período natalino, os quadrinhos, serão higienizados e posteriormente transformados em mantas, distribuídas de forma gratuita para a comunidade.

Inspiração em cidade italiana

Inspirados na ideia da cidade italiana de Trivento, a iniciativa de Nova Prata, tinha objetivo de fazer cerca de dois mil quadrinhos de 20 centímetros. Mas a adesão ao projeto por parte da comunidade foi maciça e foram doados mais de 6.500: “Iniciamos esta campanha nas escolas e em várias entidades do município. Quando elas ganharam as redes sociais, recebemos mensagens e quadrinhos vindos de todo o Brasil e até mesmo de outros países”, destaca o secretário.

Exemplo do verdadeiro sentido de Natal

Quem aproveita o belo espaço da Praça da Bandeira, de Nova Prata, já pode conhecer mesmo antes da abertura oficial, o resultado do projeto, que segundo o secretário busca muito mais que embelezar o local neste período do ano. “Queremos que no futuro essas e outras ideias sigam acontecendo. O Natal precisa ser mais que um período de belas imagens para as pessoas. Precisamos lembrar que este é um momento de ajudar o próximo é isso que estamos propondo aqui em Nova Prata”, finaliza.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas