12°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 5,92 Dólar R$ 5,36
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 5,92 Dólar R$ 5,36

Publicidade

Segurança

Em 10 anos, Consepro repassou mais de R$ 6 milhões para a segurança de Erechim

Membros da diretoria do Consepro, Valdecir Ril, Jaime Pereira de Lima e Miguel Gotler.jpg
Por Alan Dias
Foto Alan Dias

O Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro) realizou prestação de contas para entidades parceiras e de acordo com os números apresentados, em 10 anos o órgão arrecadou mais de R$ 6 milhões para a Segurança Pública do Alto Uruguai.

Fundado em 1988 e tendo como presidente em boa parte do tempo, Miguel Gotler, o Consepro se destaca na capacidade de buscar parcerias e gerar recursos para equipar e aparelhar as forças policiais no município. Atendendo Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Estadual, Patrulha Ambiental, Departamento de Florestas e Áreas Protegidas, Superintendência dos Serviços Penitenciários, Instituto Geral de Perícias (IGP), Presídio Estadual de Erechim e Polícia Rodoviária Federal, ao longo dos anos o Consepro já financiou reformas em delegacias, adquiriu móveis, forneceu armamentos, desde pistolas até fuzis, munição, utensílios, equipamentos de informática, equipamentos de videomonitoramento e viaturas para a Patram, Brigada Militar e Polícia Civil.

Para se ter uma ideia ainda maior sobre a importância da entidade para o município, basta citar que o Posto de Identificação, que além de Erechim atende toda região Alto Uruguai, é mantido desde 1995 pelo Consepro e pelas taxas pagas pelos usuários, inclusive salários dos funcionários e encargos legais.

 

Posto Avançado do IGP

O Posto Avançado do IGP em Erechim, que atualmente abriga o Posto de Identificação e o Posto Criminal na área do Seminário Nossa Senhora de Fátima, começou a funcionar no final de 2018 e ainda sofre com a falta de efetivo (responsabilidade do governo estadual), mas é considerado o melhor equipado do estado e conta com alojamento para servidores em deslocamento. Foi montado com recursos obtidos pelo Consepro, através de parcerias com entidades e órgãos do município e o aluguel da sede é pago pela prefeitura. “Foi construído sem um único centavo do estado”, destaca o presidente do Consepro, Miguel Gotler.

 

Parcerias

O Consepro não alcançaria tantos resultados, não fosse a incansável capacidade de seus membros, todos voluntários, em buscar parcerias de curto, médio e longo prazo e como grandes parceiros tem: Sicredi, Consórcio Itá, Tractebel, prefeitura (todas as administrações), Ministério Público, Promotoria, Poder Judiciário e diversas empresas da cidade, algumas que preferem permanecer anônimas.

Como principal argumento para a realização destas parcerias, Miguel Gotler cita o “retorno fantástico” dado pelos órgãos de segurança em prisões, elucidação de crimes, prevenção, entre outros.

Para facilitar a distribuição dos recursos e focar nas necessidades mais urgentes que podem ser alcançadas, o Consepro mantém uma conta bancária individual para cada órgão.

Contribuições/Doações recebidas por ano

2009

237.817,43

2010

278.997,78

2011

430.984,32

2012

388.282,91

2013

332.690,48

2014

430.273,36

2015

493.124,03

2016

697.185,06

2017

1.129.511,80

2018

1.620.817,28

Total

6.039.684,45

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas