0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Ensino

Agronomia da URI tem palestra sobre Manejo da Fertilidade do Solo para Altas Produtividades

O tema foi apresentado pelo engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa Trigo, Fabiano Daniel De Bona

Fabiano De Bona os cuidados com o solo para que haja maiores rendimentos das culturas
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

A XI Semana Acadêmica do Curso de Agronomia da URI também tratou do manejo da fertilidade do solo para altas produtividades. O tema foi apresentado na noite de quinta-feira, 10, pelo engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa Trigo, Fabiano Daniel De Bona.

Acadêmicos, professores e convidados ouviram o palestrante destacar primeiramente os casos de sucesso do Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB). Para ele, existe uma relação direta entre a alta produtividade e os solos férteis, bem manejados e sem camada de impedimento. De Bona afirmou que o solo funciona como um meio físico para que a planta retire os nutrientes para que possa expressar todo o potencial genético.

Destacou igualmente que a física do solo é de grande relevância para que as plantas possam alcançar o pleno crescimento. Para De Bona, as camadas de impedimento do solo podem comprometer o desenvolvimento do sistema radicular. De acordo com o pesquisador, em casos severos, a camada de impedimento poderá contribuir para que 90% das raízes se concentrem nos primeiros cinco centímetros de profundidade do solo. O reflexo negativo nesses casos é que a planta não conseguirá extrair nutrientes das camadas mais inferiores, assim como não conseguirá absorver água. Com isso, as plantas tendem a ser afetadas negativamente em períodos de estiagem relativamente curto. Podem, inclusive, em períodos inferiores a de dez dias, terem a produção severamente comprometida, esclareceu o palestrante.

Ainda dentro dessa temática, De Bona abordou a importância da calagem do solo, cuja prática tem a função de corrigir o nível de alumínio tóxico do solo, como também servir como fonte de cálcio. Adicionalmente, afirmou que a produtividade não deve ser alcançada a qualquer custo, pois deve-se levar em consideração a rentabilidade da cultura explorada.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas