0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Rural

Prevenção de acidentes no meio rural é tema de seminário em Erechim

Seminario Prevenção de Acidentes Abertura
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

Um dia de muita informação e reflexão sobre prevenção de acidentes no campo envolvendo profissionais de diversas áreas. Com esse objetivo e para diminuir a incidência de acidentes, a Emater/RS-Ascar juntamente com a Prefeitura de Erechim promoveu o 2º Seminário de Prevenção de Acidentes no Meio Rural, nesta quarta-feira (14), na Cantina Trentin, reunindo cerca de 200 participantes do Alto Uruguai. “É preciso cuidar da saúde para não ficar doente”, observou a médica dermatologista e médica do trabalho da Unimed, Jaqueline Graeff, abrindo as palestras com sensibilização dos participantes. Ela destacou várias ações, desde alimentação, parte física e até espiritual, enfocando o uso de protetor solar para evitar câncer de pele, dentre outras dicas.

O soldado Cristiano Cunha, do Corpo de Bombeiros, repassou orientações sobre a prevenção de incêndios no meio rural, com o manuseio correto dos diversos tipos e classes dos extintores de incêndio para materiais como combustíveis, papel, madeira, plásticos, equipamentos energizados, entre outros. Cunha observou que o extintor, independente da classe, só serve para princípios de incêndio. Também chamou atenção para a recarga do equipamento após sua utilização.

A prevenção de acidentes com energia elétrica foi abordada pelos profissionais da RGE, Claudio Rodrigo Manica e Tomaz Edison da Luz. Segundo Luz, dos 111 acidentes causados por choques elétricos envolvendo agricultores, em 2018, no Brasil, 105 foram fatais. Entre os fatores determinantes da gravidade do choque elétrico estão a intensidade da corrente, resistência elétrica do corpo humano, tempo de exposição à passagem da corrente e ponto de contato do corpo. Ele também destacou outras medidas importantes na prevenção, como cuidados com veículos e máquinas nas áreas de colheita, para não colidir com torres ou com os cabos de aço, redobrar os cuidados na hora de manusear qualquer tipo de equipamento com as hastes levantadas, para que estas não atinjam os fios, causando acidentes graves, entre outras precauções.

O uso de pequenas ferramentas manuais também faz parte dos acidentes no meio rural. O tema foi exposto pela técnica em Segurança do Trabalho do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador do Alto Uruguai (Cerest AU), Daniela Michelin. De acordo com ela, e segundo a Fundacentro, órgão ligado ao Ministério do Trabalho, a cada cinco mil acidentes com ferramentas manuais, 950 pessoas ficam incapacitadas permanente ou parcialmente.

As palestras seguiram à tarde. A fisioterapeuta Cristiane Cantele, da empresa Cavaletti, mostrou a importância de atividades físicas, desde as mais simples até as mais complexas, para evitar doenças e o uso de equipamentos que facilitam a execução de tarefas, que podem evitar problemas diversos, como dores na coluna, por exemplo.

Noções básicas de primeiros socorros foram repassadas pela equipe da Rede de Urgência de Emergência, da Secretaria Municipal da Saúde (Samu e Ambulância Cidadã), integrada por Michel Hagers, Adriano Chichotta e Bárbara Gonçalves. A equipe explicou procedimentos que devem ser adotados em situação de risco para a saúde ou a vida, em casos de engasgo ou obstrução de vias áereas por corpo estranho, crise convulsiva, desmaio, controles de hemorragias, ressuscitação cardiopulmonar, imobilização e transporte, entre outros.

Outro tema de destaque abordado no seminário são os acidentes com máquinas agrícolas. O técnico especialista em colheitadeiras, da empresa Kesoja, Luz Fernando Kuchimanski, palestrou sobre os riscos com este tipo de maquinário. Através de fotos e vídeos, o público recebeu orientações em diversos contextos em que os acidentes ocorrem, bem como algumas medidas preventivas, como uso de equipamentos de segurança do trabalho.

O uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) foi repassado por Daiane Gaspareto e Darciane Tubin, da empresa Treebuuchet. Além das orientações, a empresa expos diversos tipos de EPIs.

 

ABERTURA

A solenidade de abertura do evento contou com a presença lideranças municipais e regionais, como a Gerência Regional da Emater/RS-Ascar, Gilberto Tonello e Marcos Gobbo, dos secretários municipais da Agricultura, Altemir Barp, da Assistência Social, Linir Zanella, do representante da secretaria da Saúde, Jackson Arpini, de representas das empresas Kesoja, Caveletti, das instituições financeiras Sicredi, Cresol, Banrisul, Sutraf. As lideranças parabenizaram a Emater/RS-Ascar pelo trabalho e pela relevância do seminário, os apoiadores e patrocinadores do evento. Tonello agradeceu o empenho da equipe do Escritório Municipal de Erechim, as parcerias e os apoiadores do evento, e destacou a importância do trabalho social desenvolvido pela Instituição.

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas