0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Esportes

Cavaletti apoia Seleção Brasileira Feminina para o Mundial de Futsal de Surdos

O estímulo é uma das cotas propostas pela Seleção em prol às surdoatletas para o evento mundial em Winterthur, na Suíça

Equipe seleção feminina de futsal
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Nos dias 9 e 10 de fevereiro, ocorreu o treinamento da Seleção Brasileira Feminina, visando na participação no Mundial de Futsal de Surdos, que será realizado em novembro de 2019, em Winterthur, Suíça.

As surdoatletas vestiram a nova camisa amarela, com a marca da empresa "Cavaletti S/A Cadeiras Profissionais”, para o jogo amistoso contra as amigas da goleira profissional Vivi (Palmeiras), que teve passagem pela Seleção Brasileira de Futebol (ouvintes).

O apoio da Cavaletti é uma das cotas propostas pela Seleção em prol às surdoatletas para o evento mundial, que está em busca de recursos financeiros para cobrir as despesas necessárias. Para o presidente da empresa erechinense, Gilmar José Cavaletti "é um orgulho contribuir com a equipe e ajudá-la a participar de um evento dessa magnitude. Sabemos de todas as dificuldades que enfrentam, mas acreditamos no esporte como ferramenta de inclusão social e de educação. Acredito que estamos fazendo a nossa parte para a construção de uma sociedade melhor”.

A colaboradora da Confederação Brasileira de Desportos de Surdos - CBDS, Deborah Dias, destaca que é preciso mais parceiros que acreditem no desafio e na capacidade de sairmos vitoriosos. "Nós, juntamente com a seleção brasileira de futsal feminino, agradecemos pelo apoio da Cavaletti, que demonstrou confiança em nosso trabalho, no potencial das surdoatletas e dos membros técnicos. Obrigada por compartilharem conosco o desejo de realizar este sonho".

No elenco da seleção está a erechinense Stefany Krebs, que defende a camisa brasileira desde 2013. Em 2015 recebeu o prêmio de melhor jogadora do mundo de com apenas 17 anos.

Publicidade

Blog dos Colunistas