13°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,75
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,75

Publicidade

Erechim

Ações realizadas pela pasta da saúde nos anos de 2017 e 2018

Estevam Carraro
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

O município apresentou as ações que foram realizadas, através da Pasta da Saúde, e em parceria com a FHSTE, entre os anos de 2017 e 2018, conforme relatório entregue no último dia 02 deste mês.  

Entre as ações, está a redução de 29 para 11 CCs, locação de novo local para a Casa de Apoio em Porto Alegre e a aquisição de mobiliários novos para a mesma, renegociação dos valores de coparticipação financeira à FHSTE, passando de R$ 200 para R$ 600 por internação, até o limite de 530 internações.

Aquisição de novo tomógrafo no valor de R$ 1.148.500,00, sendo R$ 917.103, 85 com recursos do Estado e R$ 231.396,15 próprios da FHSTE. Retomada das obras da UNACON, com investimento de R$ 6.090.312,71 (União/Município/FHSTE), início do processo de Certificação da FHSTE como Hospital de Ensino junto aos Ministérios da Educação e Saúde, interlocução com parlamentares federais para a aquisição de equipamento de hemodinâmica e início da negociação para retomada da UTI Pediátrica, numa parceria entre a SMS, FHSTE e Estado.

Destinação de R$ 7.200.000,00 de recursos próprios (somente em 2018) à Fundação Hospitalar e a ampliação de consultas especializadas contratualizadas com o hospital regional, passando de 100 para 625 ao mês.

Ampliação dos quantitativos de exames de diagnose (tomografias, ecografias, ressonância magnética, etc) e oferta de novas especialidades como reumatologia e nefrologia, através da Central de Especialidades da FHSTE. Realização de 02 mutirões de oftalmologia, com 300 consultas realizadas, e a aquisição de 1.500 consultas especializadas em oftalmologia, para minimizar a demanda.

Apresentação do Plano de Trabalho a SES para aquisição de equipamento e mobiliários no valor de R$ 340.000,00, ampliação do número de profissionais médicos, passando de 57 para 62, negociação com o Ministério da Saúde sobre a problemática da UPA, para não devolução do recurso repassado à edificação da obra, construção e entrega da UBS Estevam Carraro à comunidade, no valor de R$ 710.107,65, com recursos da união e município.

Apresentação do projeto de reforma do Pronto Socorro da FHSTE, ao Ministério da Saúde, no valor de R$ 2.300.000,00, ampliação nos quantitativos de atendimento da SMS, passando de 545.203 (2016) para 666.037 (novembro 2018), e encaminhamento prévio do projeto arquitetônico da construção da Unidade Hemoterápica (Banco de Sangue).

Realização da 1ª Conferência Municipal de Saúde da Mulher, realização da Campanha Maio Vermelho, lançamento do projeto “Erechim 100 anos: 100 ações de promoção e prevenção em saúde”, início das práticas acadêmicas do Curso de Medicina e implantação do COAPES.

Constituição de um Grupo de Trabalho que realizou campanhas: Atchim Erechim (Influenza), Não se faz prevenção sem colaboração (Dengue), Vacinar é proteger: bora vacinar (Sarampo e Poliomielite), Quem ama cuida (Câncer de Mama), Café da Prevenção (Câncer de Próstata) e Juntos pela prevenção (IST/AIDS), em parcerias com diversas instituições de saúde, entidades e com o colegiado das Primeiras Damas da AMAU.

Ampliação do valor aplicado em assistência farmacêutica, redução do Índice de Infestação Predial de 5,2% para 0,6% (presença de mosquito), aquisição de 16 veículos para a Pasta, sendo 14 com recursos vinculados e 02 com recurso próprios, elaboração do Plano de Obras 2017/2020, reformas nas unidades de saúde, e ampliação dos investimentos em saúde (SIOPS), passando de 19,16% (2016) para 22,73% (2017).

Captação em 2018, através de estreita interlocução com parlamentares federais, de R$ 1.881,136,00 de Emendas Parlamentares, valores esses já depositados no Fundo Municipal de Saúde, e prospecção de mais de R$ 1.750.000,00 para o exercício 2019. Doação de uma camionete diesel 4x4, do Ministério da Saúde, no valor de R$ 109.400,00, para ampliação das ações de Vigilância em Saúde. 

Apresentação de projeto regional (FHSTE) à Bancada Gaúcha, audiências no Ministério da Educação, Saúde, TCU, Desenvolvimento Social e Secretaria Estadual de Saúde para apresentação de demandas e projetos relevantes da secretaria.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas