13°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,75
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,75

Publicidade

Segurança

Disputa entre traficantes pode ter motivado morte de adolescente em Erechim

Delegado titular da Draco, Gustavo Ceccon
Por Alan Dias
Foto Alan Dias

A Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), antiga Defrec, está investigando o assassinato da adolescente Eliane de Oliveira Ribeiro da Silva, de 15 anos, ocorrido na noite de domingo (6), em Erechim. O crime ocorreu por volta das 22h15min, na Rua José Wilk, bairro São Vicente de Paulo, quando a vítima foi atingida por um tiro na cabeça. A Brigada Militar foi acionada e encontrou a vítima caída e apresentando pelo menos uma lesão na cabeça. Devido a gravidade do ferimento, a guarnição removeu a menor para atendimento na Fundação Hospitalar Santa Terezinha, mas ela não resistiu ao ferimento. Este foi o primeiro homicídio registrado em Erechim, no ano de 2019.

Suspeita

Segundo o delegado titular da Draco, Gustavo Vilasbôas Ceccon, a suspeita é de que a jovem possa ter sido morta durante toca de tiros entre dois grupos que disputam o tráfico de drogas na cidade ou pega de surpresa em uma emboscada que teria como alvo o namorado da vítima.

Prisão

No final da manhã de ontem (7), agentes da Draco, prenderam temporariamente o namorado da jovem assassinada, suspeito de participar de dois homicídios ocorridos em 2018, na cidade. De acordo com Ceccon, o primeiro crime ocorreu por volta das 2 horas da madrugada do dia 26 de novembro, na Rua José Wilk, bairro São Vicente de Paulo. Na oportunidade, a vítima, Josimar Ferreira de Bairros, 35 anos, foi atingida por dois disparos de arma de fogo, falecendo no local. O segundo homicídio foi cometido no dia 14 de dezembro, por volta das 23h30min, também na Rua José Wilk. Na ocasião, a vítima, Luís Carlos Guedes, 48 anos, foi espancada até a morte, com a utilização de pedras e outros objetos, ficando com a face praticamente desfigurada.

“Em menos de dois meses, ocorreram três homicídios na mesma rua e todos eles têm como motivação o tráfico de drogas”, conta o delegado. “Alguns traficantes estão querendo mostrar força e assim consolidar o seu domínio naquela região. Vamos trabalhar para identificar todos os envolvidos nessa disputa, buscar suas prisões e tentar pacificar a área”, finaliza o delegado.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas