22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,40 Dólar R$ 3,92
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,40 Dólar R$ 3,92

Publicidade

Geral

“O que vale é estar junto com as pessoas”, diz agricultor

Não importa as condições financeiras, o mais importante do Natal é reunir a família e celebrar

Valdecir vai passar o Natal com a sua família e os pais
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Ígor Dalla Rosa Müller

O agricultor de hortigranjeiros e feirante Valdecir Antônio Racoski mora com a família em Três Arroios, e faz a Feira do Produtor há 25 anos. O Natal é um momento para reunir a família.

“Sou casado, tenho dois filhos pequenos, que sempre ajudam em alguma coisa no trabalho. Meus pais são vivos e moram no interior de Erechim”, diz.

Valdecir passa o Natal com sua família na casa dos pais em Erechim. Ele lembra que na sua infância a vida era difícil e não tinha os recursos que se tem hoje. No entanto, sempre reunia a família no Natal. “Somos dois irmãos, mas todo Natal passavam juntos. Tinha um churrasquinho, uma comida, apesar das dificuldades”, comenta.  

O agricultor lembra que o Natal e a Páscoa eram as únicas datas do ano que se ganhavam presentes. Mas nada demais. “Presente de pobre sempre é de coração, como se diz”, afirma.

Apesar dos presentes serem pequenas lembranças isso ficou marcado na sua vida. “Porque a gente nunca tinha nada na época e o Natal era um grande acontecimento. Hoje, os filhos da gente ganham de tudo qualquer dia. No meu tempo não era assim”, destaca.

Essa tradição familiar Antônio mantém até hoje. “O Natal sempre foi simples, não tinha as condições financeiras que tem hoje, mas o espírito é o mesmo, reunir a família, os parentes mais próximos, e celebrar esse momento com os familiares”, observa. 

Valdecir ressalta que o dinheiro ajuda, “mas o que vale é estar junto com as pessoas”.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas