22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,32 Dólar R$ 3,78
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,32 Dólar R$ 3,78

Publicidade

Rural

Dia de Campo com foco no turismo rural reúne produtores de Charrua e Tapejara

Belezas naturais
Dia de Campo Socioassistencia em Charrua
Familia Scariot
Por Assessoria de Imprensa
Foto Terezinha Vilk/Emater/RS-Ascar

O Dia de Campo sobre Turismo Rural realizado em Charrua, nesta terça-feira (11/12), reuniu mais de 100 pessoas, entre produtores e técnicos da Emater/RS-Ascar dos municípios de Charrua e Tapejara, pertencentes às regiões administrativas dos Escritórios Regionais da Emater/RS-Ascar de Erechim e Passo Fundo.  A atividade foi sediada na propriedade da família Scariot, localizada na comunidade Cachoeira Média. O objetivo foi qualificar as ações na área de turismo rural, proporcionar a vivência e a troca de experiências. A atividade faz parte do Programa Socioassistencial executado pela Instituição.

Os participantes receberam as boas-vindas da família Scariot. O casal Ivone e Nelson agradeceu a presença de todos e a escolha da sua propriedade para a realização do evento. O dia de campo foi prestigiado pelo prefeito de Tapejara, Vilmar Merotto, pelo vice-prefeito de Charrua, Luiz Carlos Franklin da Silva, e sua esposa Marli, pelo gerente do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar em Passo Fundo, Gilberto Adami, e pelo adjunto Dartanhan Vecchi, e pelo adjunto do Escritório Regional de Erechim, Marcos Gobbo, entre outras lideranças.

O prefeito de Tapejara, Vilmar Merotto e o vice de Charrua, Luiz Franklin, agradeceram à família Scariot e elogiaram o trabalho da Emater/RS-Ascar. “A Emater mantém o agricultor num processo sustentável”, ressaltou Merotto.  Para ele, é importante a integração e parcerias nesta área de turismo, com envolvimento de todos os municípios. O prefeito elogiou o esforço e a dedicação da família na propriedade para transformá-la num espaço de turismo rural.

Franklin destacou a participação dos jovens no evento e o aprendizado também proporcionado por eles. Ele agradeceu a ajuda da Emater/RS-Ascar em seu município e destacou a relevância do trabalho prestado pela Instituição, que sempre vem ajudando o interior ao longo de muitos anos.

O gerente regional Oriberto Adami cumprimentou a família, os extensionistas e destacou a importância da realização de um evento integrando as duas regiões e voltado ao projeto socioassistencial, que também beneficia famílias em vulnerabilidade social.  “Temos muito potencial na área de turismo rural para ser explorada na região”, observou.

O gerente adjunto de Erechim, Marcos Gobbo, também parabenizou a família, as parcerias e demais envolvidos e destacou a importância da realização de um dia de campo voltado para o programa socioassistencial. Após a abertura, a programação prosseguiu com a realização das estações.

As orientações foram repassadas em três estações. Em uma delas, as extensionistas sociais Nádia da Rosa e Lisiane Rosa Carra falaram sobre paisagismo e cuidados com os arredores. Elas destacaram a importância de qualificar as ações do turismo rural. Também abordaram um conjunto de medidas que devem ser observadas, que vão desde cuidados básicos como a instalação de fossa sépticas, cuidados com arredores, ajardinamento.  “O turismo rural pode proporcionar alternativa de renda, preservação da cultura, sucessão familiar, integração com o ambiente, desenvolvimento local e regional”, exemplificaram. “É importante motivar os produtores para ver as experiências em outras propriedades, que possam ser opções para serem implantadas em suas propriedades”, observou a extensionista Nádia da Rosa.

Em outra estação, o tema foi sobre fruticultura, na qual os técnicos Vilmar Tonello e Jair Batista Amaral orientaram sobre produção de frutas com possibilidade de processamento na propriedade, cultivo e manejo. Amaral chamou atenção para a qualidade das mudas para ter uma produção com qualidade e rentabilidade, e para o tratamento correto dos pomares.

Após o almoço, foi realizada mais uma estação com a assistente técnica regional, Luciana Gobbi, que reforçou a importância do turismo rural e ressaltou algumas políticas públicas direcionadas para o turismo rural. “Nós não precisamos fazer uma longa viagem para fazer turismo”, exemplificou. No relato da família Scariot, o casal Nelson e Ivone, acompanhado do filho Riel, da nora Tarciane e da neta Maria Heloisa, contou os desafios enfrentados ao longo de muitos anos e a persistência até proporcionar o turismo rural. “Não tínhamos nem banheiro e hoje nossa propriedade já realizou aqui até casamento”, afirmou o casal.

A produtora rural Veronica Bianch, de 88 anos, de Charrua, juntamente como filho Nelson, também relatou sua experiência na produção de chapéu de palha e elogiou o dia de campo. “Foi tudo muito bom. A gente sempre aprende. Hoje, aqui, foi melhor que um dia de festa”. O filho planta o trigo e, juntamente com a mãe, seleciona a matéria-prima para produção de chapéus. Ela conta que a única dificuldade é enxergar pouco, mas desenvolveu habilidade nos dedos e consegue fazer a trança para produzir as peças.

Ignes, que juntamente com o marido Saule, ambos com 72 anos, de Tapejara, participou do evento, também elogiou a atividade. “Gostei muito dos assuntos, principalmente da jardinagem. Esta propriedade se parece muito com a nossa”, contou.

 

Atrativos da propriedade

A propriedade da família Scariot tem diversos atrativos de turismo rural, entre eles, um campo de futebol, um CTG, um riacho que corre pela propriedade, uma gruta e o museu da família. Belezas naturais, gastronomia e passeio a cavalo também podem ser apreciados pelos visitantes.  As pessoas podem agendar para festas de família, para passeios em grupo, com opção de almoço e janta. Contato pelo fone (54) 996651494.

O evento foi organizado pela Emater/RS-Ascar, por meio dos Escritórios Regionais de Erechim e Passo Fundo e Escritórios Municipais de Charrua e Tapejara, com apoio das duas prefeituras. A programação contou ainda com participação do Escritório Municipal de Vila Langaro.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas