22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,32 Dólar R$ 3,86
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,32 Dólar R$ 3,86

Publicidade

Rural

Erechim sedia III Seminário Internacional de Educação do Campo

III SIFEDOC e III Fórum de Educação do Campo da Região Norte do RS deve reunir integrantes de cinco países e terá a participação de movimentos sociais e diversas instituições de ensino

SIFEDOC.jpg
Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação - assessoria de imprensa

Um evento que busca fomentar e produzir conhecimento sobre a Educação no Campo, através de palestras, apresentação de pesquisas e grupos de estudo, que Erechim sedia na próxima quarta-feira (29), o III SIFEDOC – Seminário Internacional de Educação do Campo e III Fórum de Educação do Campo da Região Norte do Rio Grande do Sul.

De acordo com um dos coordenadores do evento, professor Denílson da Silva, o tema deste ano é “Resistência e Emancipação Social e Humana”, onde diversas instituições de ensino superior, movimentos sociais, entre outras entidades estarão presentes no seminário. 

O III SIFEDOC, será realizado de 29 a 31 de março, e ocorrerá no Parque da ACCIE - Associação Cultural, Comercial e Industrial de Erechim, contudo algumas atividades ocorrerão no Campus Erechim da UFFS – Universidade Federal da Fronteira Sul. Durante os três dias de realização do evento, estão previstos debates que deverão levar a reflexão sobre as novas imposições aos trabalhadores, os desafios da educação no campo, as práticas educativas, entre outros assuntos de suma importância para estudantes e trabalhadores. Conforme Silva, estão inscritos participantes do Brasil, México, Bolívia, Paraguai e Argentina.

O Seminário Internacional começou a ser realizado na Universidade Federal de Pelotas em 2014, sendo que em 2015 a Universidade Federal de Santa Maria sediou o evento. “Não é só um evento acadêmico, mas também de cunho social e político, onde haverá a formulação de políticas públicas voltadas para a educação no campo e também para a dignidade das comunidades camponesas. Em função de toda a questão política no país, nós teremos um evento com muita representatividade, que conseguiu fruto das instituições e do momento conflituoso conquistar a participar das pessoas de diversos estados. Para que possamos dividir experiências e para que se consiga construir resistência efetiva para não fechamento escolas do campo”, destacou o professor Denílson.

Segundo o Coordenador Geral do SUTRAF – AU, que é uma das entidades promotoras, esse será um grande evento. “ A região do Alto Uruguai Gaúcho terá o privilégio de sediar este grande encontro que discutirá as mudanças políticas que vem sendo realizadas e as suas consequências para os trabalhadores e estudantes, encontrando formas de combater o fechamento de escolas do campo e a perda de direitos que o trabalhador vem sofrendo”, destacou Cenci.

O III SIFEDOC é promovido pela UFFS, Instituto Federal do Rio Grande do Sul, FEAB – Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil, UERGS, UFPEL, MAB, Via Campesina, UFRGS, Unipampa, UFSM, MST, SUTRAF-AU, FETRAF RS, FURG, Instituto Educar de Pontão e Instituto de Educação Josué de Castro, com apoio da ACCIE e Cresol.

 

Confira a programação

Quarta-feira (29/03)

08h às 09h 30min – Credenciamento e Abertura

09h 30 min às 09h 50 min – Histórico e projeção do SIFEDOC – Conceição Paludo /UFRGS

09h 50 min às 12h30min – Conferência de abertura: Atualidade da América Latina e os desafios à classe trabalhadora: Trabalho, Capital e Campesinato 

Conferencistas: Gustavo Codas (Fundação Perseu Abramo) e João Pedro Stedille (MST) 

Coordenação:  Antônio Andrioli (UFFS)

 14h às 17h30min –  Comunicações Coordenadas por  eixo de trabalho

 19h -  Ato Político em Defesa à Educação Pública "Educação é direito não mercadoria" Clarice Santos

Abertura da II COEPE/UFFS – Coordenação: Douglas Cenci (SUTRAF-AU) e Émerson Neves da Silva (UFFS)

20h 30min - Atividades Culturais

Participação do cantor latino-americano  Duglas Bessa   e  dos artistas João Bello e Susi Monte Serrat (Curitiba–PR)

Abertura da feira: Agroecologia,  Saberes, Sabores e Cultura Camponesa

José Maria Tardin (ELAA) e  Família  Nilo Schiavon (Pelotas)

Coordenação: Aniara Ribeiro Machado (Unipampa)

 

Quinta-feira (30/03)

8h às 8h 30 min –  Acolhida com mística (UFRGS) e atividades culturais

Coordenação: UFRGS

8h 30min às 10h 30 min – Painel 1

"O momento atual e as novas exigências a formação dos (as) trabalhadores (as) do campo e da cidade: Desafios de uma educação de perspectiva omnilateral"

Conferencistas: Gaudêncio Frigotto (UERJ) e Roseli Salete Caldart (MST)

Coordenação: Vania Grim Thies (UFPel)

10h 30min às 12h – Painel 2

Resistência e atualidade da Educação dos povos do campo na América Latina – José Maria Tardin (Via Campesina), Eli Barta (México), Pablo Daniel Vain (Argentina), Jaime Delgadillo Salazar (Bolívia)

Coordenação: Edgar Jorge Kolling (MST)

14h às 17h 30min – Comunicações Coordenadas por eixo de trabalho

18h 30min às 19h – Lançamento coletivo de livros

19h às 22h30min – Painel 3

Momento Atual e o desafio da educação para a classe trabalhadora – Maria do Socorro Silva (UFCG), Marta Lia Grego (Escuela Campesina Agroecologia UST), Jaime Delgadillo Salazar (Universidad Mayor de San Simón)

Coordenação: Leonice Aparecida Alves Mourad (UFSM)

21h às 22h: Reunião da Articulação da Educação do Campo do Rio Grande do Sul (todas as regiões)

Coordenação: Prof. Dr. José Guilherme Franco Gonzaga (Unipampa)

 

Sexta-feira (31/03)

8h às 8h 30 min – Acolhida com mística (UNIPAMPA)  e atividades culturais

8h 30 min à 9h 30 min – Painel 1

Práticas Educativas comunitárias e Educação do Campo: olhares para as questões de gênero

Eli Bartra (México) e Graziela Rinaldi da Rosa (FURG)

Coordenação: Prof. Denilson da Silva (UFFS)

9h 30 min às 12h - Painel 2 – Práticas Educativas escolares

1. Escola Itinerante do MST

2. Escola Família Agrícola (Santa Cruz do Sul)

3. Escola Estadual de Ensino Fundamental Indígena Kaingang Gój Ror – Aldeia Pinhalzinho

4. Escola Estadual Indígena Kaingang de Ensino Médio Cacique Sy Gre – Planalto

5. Escola Estadual de Ensino Fundamental Indígena Guarani Werapoku – Aldeia Araquari

Coordenação da mesa com aporte de conteúdo: Lucas Martins Flores (IFFar)

13h 30min às 14h 30min – Síntese dos Grupos de Trabalho, com avaliação do encontro e encaminhamentos finais.

Leitura e aprovação da Carta Compromisso do Encontro.

Oficialização da Articulação da Educação do Campo do Rio Grande do Sul.

14h 30 min – Mística de encerramento. Coordenação: conjunto das entidades.

Publicidade

Blog dos Colunistas