25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Saúde

A hipertensão é desencadeada por vários fatores, incluindo a obesidade, idade avançada e diabetes

Oito mitos e verdades sobre a alimentação e a hipertensão arterial

Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

Um em cada quatro brasileiros são diagnosticados com hipertensão arterial, conforme informações do Ministério da Saúde. Para enfatizar a importância da prevenção e divulgar os riscos relacionados à doença foi criado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, celebrado em 26 de abril. Conhecida popularmente como pressão alta, a hipertensão é uma doença desencadeada por vários fatores, incluindo a obesidade, idade avançada, diabetes, entre outras causas.

A coordenadora do setor de Nutrição da Fundação Pró-Rim, Dra. Jyana Gomes Morais Campos esclarece algumas questões referentes à alimentação e a hipertensão arterial. Afinal, uma dieta saudável pode prevenir doenças, incluindo a pressão alta. Confira alguns dos mitos e verdades que envolvem esse tema:

1 – O sal é o maior vilão para a pressão arterial. Basta retirá-lo da preparação de alimentos para evitar a doença.

Jyana: Verdade, o sal é um vilão da alimentação, sim! Mas, ele não pode ser responsabilizado isoladamente pelo aumento da pressão arterial. Já existe comprovação científica que o elevado consumo de sal pode aumentar a mortalidade mesmo de pessoas sadias Porém uma alimentação saudável, visando prevenção e combate às doenças crônicas como a hipertensão, deve conter diversos cuidados como: consumo adequado de sal, frutas e vegetais, gorduras, além da prática de exercícios e evitar o tabagismo e alcoolismo.

 

2 – Alimentação saudável pode combater a hipertensão.

Jyana: Verdade, pode ajudar e muito na prevenção e no controle. Nesse caso a alimentação saudável deve contar com o consumo adequado de frutas, vegetais e grãos, limitar o consumo de sódio (sal), evitar processados/industrializados e o tabaco.

 

3 – O uso de chás pode controlar a pressão alta.

Jyana: Mito. O uso de chás é liberado, mas ele sozinho não consegue controlar a pressão.

 

4 – A substituição do sal normal pelo sal light é uma das sugestões dos profissionais de saúde para quem sofre de hipertensão.

Jyana: Mito. O sal normal é cloreto de sódio e o sal light é cloreto de potássio, então é contra indicado para renal crônico. O sal light pode ser recomendado para pessoas que não tem problemas renais, porém sempre na quantidade certa, não adianta trocar o tipo de sal e usar muito porque pode ser prejudicial da mesma forma. O recomendando é o sal normal, o simples, mas em pouca quantidade.

 

5 – O consumo de bebidas à base de café ou alcoólicas podem influenciar nos níveis da pressão em pessoas com predisposição à hipertensão.

Jyana: Depende. O consumo de café, não (não se recomenda em grandes quantidades). Já a ingestão de álcool, sim.

 

6 – Se você quer prevenir a pressão alta, tire o saleiro da mesa!

Jyana: Perfeito! Troque o saleiro por limão e azeite de oliva.

 

7 – Uma alimentação com altas quantidades de comidas ultraprocessadas, como nuggets, macarrão instantâneo, bolachas, podem desencadear a hipertensão e também problemas cardíacos.

Jyana: Verdade. O consumo desses alimentos em excesso e com muita frequência pode sim corroborar na hipertensão e doenças cardiovasculares.

 

8 – Pacientes com hipertensão arterial devem evitar o consumo de carne suína, pois apresenta muita gordura.

Jyana: Mito. O consumo de carne suína pode ser recomendado igualmente como as outras carnes, dando preferência às partes com menos gordura e usando pouco sal como tempero.